Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

quarta-feira, 9 de março de 2011

Precisava falar!

Algumas coisas que acontecem na minha vida me fazem parar e refletir. Hoje aconteceu uma dessas "coisas".
Há um certo tempo, ouvi um padre dizer em sua homilia o seguinte: Ao contrário do ditado popular que diz: "Não devemos fazer para os outros o que não gostaríamos que fizessem conosco" deveríamos pensa assim: "DEVEMOS FAZER PARA OS OUTROS O QUE GOSTARÍAMOS QUE FIZESSEM CONOSCO". Essas palavras me marcaram muito e desde então eu "tento" fazer para os outros o que gostaria que fizessem comigo ou para mim. O que acho engraçado é que as pessoas não compreendem essas coisas. Analisando muitas pessoas do meu convívio (inclusive eu), percebo como nós seres humanos somos EGOÍSTAS. Eu digo nós, pois por mais que muitas pessoas não "percebam" eu também sou humana e também erro. Eu sou igual a todos vocês! EU tenho TPM, acordo mal-humorada (ás vezes), fico triste, brava, com raiva, magoada, choro, não concordo com tudo o que você faz, tenho meus próprios pensamentos, gosto de elogios, de ganhar presentes, que pessoas façam coisas para mim, de receber carinho, telefonemas, cartas, bilhetes, e-mails, scraps, COMENTÁRIOS (rs) e não precisa ser somente para dizer coisas lindas e perfeitas, também aceito críticas.
EU SOU COMO VOCÊ, UMA PESSOA NORMAL! Porque será que algumas pessoas não entendem isso (ou não querem entender)? Porque eu sempre tenho que pedir desculpas, mesmo quando não estou errada? Eu não tenho problema alguma em pedir desculpas quando não estou certa. Mas eu sempre tenho que entender que a pessoa que me ofendeu é assim mesmo, é infantil, imatura, mimada, egoísta, estava nervosa, chateada, falou sem pensar, etc, etc... e eu??? onde eu fico nesta história? Aí eu ouço: Você deve perdoar, tem que dar o primeiro passo, você é diferente, é especial, blá. blá, blá! E o pior de tudo que podem me dizer: Você tem Deus no coração! Argh! que raiva! eu tenho Deus no meu coração sim, mais NÃO SOU DEUS! Eu sou um ser humano igual a você e tudo tem limite! Tudo bem, eu confesso que depois que minha filha morreu, eu fiquei um pouco menos tolerante a algumas atitudes e pessoas, mas eu tenho esse direito, aliás, tenho todo direito de errar e acertar, eu não sou diferente de ninguém!

Então era isso que queria dizer. Tudo isso estava engasgado aqui na minha garganta e não tinha ninguém para desabafar, então resolvi me abrir para vocês. Obrigada por me escutar. Este recado tem um destino específico. Espero que as pessoas que me fazem sentir assim leiam e entendam. Mas se não entenderem também, eu farei o que sempre faço: Vou entender! Afinal, tenho que fazer pelas pessoas o que gostaria que fizessem por mim! rs

Com carinho,

Roberta 



3 comentários:

  1. Oi querida!
    Eu te entendo perfeitamente, me sinto assim muitas vezes tb. Na verdade, desde que me tornei mãe eu passei a ser mais impaciente com as pessoas. Viver às vezes não é fácil e ser cristã neste mundo mal e egoísta tem hora que é muito duro, pois não é fácil oferecer a outra face quando o teu inimigo bate numa. Mas estamos aqui e a bíblia fala que Deus não nos dá uma carga mais pesada do que poderíamos suportar, Ele sabe, Ele é fiel. Então é porque a gente é forte ou, quando não somos, sabemos que podemos buscar força em Cristo para continuar a caminhada.
    Fica em paz.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá querida, tb sinto que sou apenas eu que dou, que entendo, que desculpo, que...
    Há alturas que temos que desabafar, porque lá está...não somos de ferro!

    beijinho

    ResponderExcluir
  3. É isso ai querida, porque tem horas que a gente desse do salto e arma o barraco mesmo e nem por isso deixamos de ter Deus no coração ou sermos especiais!!!

    Beijos querida!!!

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)