Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

sábado, 30 de julho de 2011

Choquei! Nem consigo encontrar palavras...

Nem sei como começar este post. Na verdade não sei como começar, evoluir e terminar. Hoje me deparei com uma notícia chocante e não é recente. É de 2009.


Uma pessoa mulher mãe ser humano, ai gente desculpa, não consigo definir. Vou chamar de Coisa. A Coisa em questão, teve um filho. Diferente do que muitas de nós faríamos, essa coisa não amou seu filho, não cuidou, não acalentou, não se emocionou ao dar a luz ou nada parecido com o que nós Mulheres, Mães, Seres Humanos, faríamos, essa Coisa simplesmente enterrou seu filho vivo em uma toca de Tatu ainda com o cordão umbilical e a placenta. Quando li esta notícia pensei: realmente TUDO o que acontece tem um motivo, um significado, uma força maior. Alguns chamam essa força de sorte, outros de carma, mas eu prefiro chamar de Vontade de Deus!


Não queria julgar essa Coisa, mas não consigo. Se disser que entendo, que ela deve ter depressão, blá blá blá, estaria sendo hipócrita perante todos e mentirosa perante Deus, pois assim que li essa notícia, comecei a pensar até que ponto podemos chegar e o que mais me preocupou foi onde e quando vamos parar? Não sei responder nenhuma dessas perguntas, a única coisa que posso afirmar com toda certeza é que meu professor de psicanálise esta certo quando diz que o mundo precisa de AMOR e essa Coisa que fez essa barbaridade com aquela criança precisa de muito amor. Pena que eu sou pequena demais para amá-la. Desculpe Deus! Queria não julgar nesse momento, mas não consigo.


Esta foto é do bebê encontrado. Aqui ele já esta limpo. Quem sentir vontade de conhecer a história e ver as fotos pode clicar aqui (tem fotos) ou aqui (só tem a notícia). Vou pesquisar mais sobre esta história. Quero saber o que aconteceu com o bebê e sua "mãe". Espero que os dois estejam bem.


Fico aqui refletindo sobre o que posso fazer para mudar o futuro que quero para mim e meus descendentes, mas prometo que vou me esforçar para amar meu próximo como amo a mim mesma e ensinar meus filhos a fazerem o mesmo.


Com carinho,


Roberta
"é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"

4 comentários:

  1. Afff... em choque com essa noticia também... É impossivel não julgar... e infelizmente tem pessoas que tem a capacida de gerar um bebe tão lindo e ainda sim cometer barbaridades... :( Falta é Deus no mundo amiga!

    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Eu chorei e choro com notícias como essas. Imediatamente penso no meu filho...dói meu coração em pensar que alguém possa querer fazer mal a um bebê tão pequeno e indefeso...

    Triste, muito triste.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. nossa chocante mesmo!sem palavras...

    ResponderExcluir
  4. 100 comentários!!!
    Ñ devemos nem nos preocupar com o Bebê, pois sei q deus tem um plano muito belo pra vida dessa criança!

    Bjs

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)