Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Venci mais uma etapa!

Vocês vão ficar cansados de ouvir isso, mas eu acredito muito que "TODAS AS COISAS CONTRIBUEM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS!" mas mesmo assim é muito difícil aceitar algumas coisas.
Queria ter sabedoria para entender os planos de Deus, mas infelizmente não tenho. Entendo que TUDO o que acontece na vida daqueles que amam a Deus, é Sua vontade e permissão, mas para que uma mãe perde um filho? 
Ontem arrumei as roupas da Olívia que estavam guardadas na cômoda. Dobrei uma por uma, cheirei todas elas,  e pensei como seria se ela estivesse aqui, se as roupas ainda iriam servir... Chorei... chorei ,muito.. mas foi um misto de alegria, dor, saudade... uma confusão de sentimentos, e um deles foi o de que completei mais uma etapa no luto que vivo. Sim! Não se assuste! Estou seguindo minha vida e fazendo muitos planos para uma futura gestação, mas ainda estou de luto e creio que jamais sairei dele. Posso ter mais 30 filhos que a saudade do que não vivi com a Olívia vai permanecer em meu coração. 
Esses dias, fui fazer aula de corte-costura e conversando com a professora ela fez a pior pergunta que alguém pode me fazer:_Você já tem filhos? E eu respondi: Tenho, mas ela esta com Deus! A professora perguntou o que havia acontecido e eu contei em poucas palavras. Para minha surpresa ela me disse que também havia perdido um filho que nasceu de 8 meses (isso á 28 anos) e me contou que sofreu muito, mas que hoje tem outros 2 filhos. O que mais me surpreendeu na conversa, foi quando ela me disse:_Você se importa se mudarmos de assunto? Isso ainda me faz chorar! Juro! Nesse momento eu percebi que meu luto seria eterno. Percebi que sentirei saudade da Olívia pra sempre. Notei que jamais vou esquecer de tudo o que passamos, por mais que tenha sido pouco tempo.

Enfim, agora começo outra etapa e sinceramente estou com um sentimento de felicidade tão grande dentro de mim que sinto vontade de gritar! Sabe quando você se sente tão feliz e parece que vai explodir? Pois eu estou assim, só não sei o porque. Hoje mesmo conversando com o Xuxu falei:_Amor, me sinto tão feliz que fica até chato!rs 
De onde vem minha alegria? Minha alegria vem do Senhor!

Quero aproveitar este post também, para demonstrar todo meu carinho, respeito e sentimentos para uma pessoa que Deus colocou em minha vida no momento mais difícil da dela, a Gabriela. Querida, nada que eu fale neste momento pode amenizar sua dor. Somente o tempo e Deus serão capazes de "cura-la". Falo isso em nome de todas minhas amigas que assim como eu, perderam seus filhos. Sinta agora, todo nosso carinho e respeito. Um forte abraço com todo meu amor...

Com carinho,

Roberta
"é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"

9 comentários:

  1. Roberta, desejo que esse luto apesar de ser eterno, com o tempo, se torne menos doloroso.
    Que seus novos planos tragam muitas alegrias para sua vida.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Roberta sigo o teu blog a muito pouco tempo e o conheci através do blog da Vanessa mãe da Sophia no mesmo dia em que me tornei sua seguidora li todo ele e chorei muito, pois logo me identifique pela dor pois sofri com um aborto espontâneo com 8 semanas, costumo dizer que qq perda é uma perda, pois a dor de ver um sonho não se concretizar é muito grande, e vivi durante um tempo o meu luto tbm e não é facil. Mais hj Ro quando leio os seus post´s vejo quanto é pequena a dor que vivi e o quanto te admiro pela sua força.
    Espero ver vc superar mais essa e outras etapas que virão, assim como tbm espero estar aqui para comemorarmos as suas vitorias que me breve estarão aqui.
    Bjssss

    ResponderExcluir
  3. Oi, espero que vc se recupere, isso acontece sim, com o tempo!

    nada melhor que um dia apos o outro e mta fe!

    Se cuide... Beijao

    ResponderExcluir
  4. Oi querida!é verdade que sempre que lembrarmos de nossos anjinhos sentiremos aquele aperto no peito,aquela saudade e a vontade de saber como seria.Mas acredito também que um dia,com o tempo vc poderá deixar o luto e se recuperar por completo,digo por experiência própria.As coisas acontecem com tempos diferentes pra cada pessoa e sei que um dia vc poderá dizer que está livre de fato,não das lembranças mas da dor.

    Uma coisa que me machuca um pouco é quando perguntam pra alguém da família se eu já tenho filhos e essa pessoa informa a outra que não,que não tenho,eu prefiro ter que contar toda história quantas vezes for preciso do que dizer que não tenho como se nada tivesse acontecido,ela foi importante pra mim e merece ser mencionada.

    Bom fique com Deus e espero comemorar em breve suas vitórias,nas próximas etapas que virão!

    Um grande bjo!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi estou passando para agradecer pela visita e dizer que adorei conhecer sua história se você também tiver gostado do meu blog me siga por favor.....bjus

    ResponderExcluir
  7. Amiga,
    Que bom que vc está feliz agora.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Se esta feliz, espalhe felicidade...vamos q vamos.
    ps. vc sumiu do meu blog...Erik esta com saudades.
    bjsss

    ResponderExcluir
  9. Roberta, foi fundo em meu coração, pq sei o q passa, estou passando por td isso.. dificil, sempre vai ser triste lembrar disso.. mas o Senhor torna nosso lamento em festa... é promessa p nós! bjao

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)