Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

medo, carência, anseios... tudo junto e misturado

Nunca pensei que engravidar novamente poderia trazer mais confusão de sentimentos ainda, mas trouxe!
Tenho andado muito sensível e com muito medo de viver tudo de novo, apesar de saber que Deus me deu este presente e devo recebe-lo de todo meu coração.


Não tenho sido a melhor esposa pro Xuxu e espero que ele entenda... tem passado tanta coisa pela minha cabeça... penso como será depois que ela nascer (mas tento não pensar por medo de me frustar depois), penso como será a primeira vez que pegar meu bebê nos braços, amamenta-lo, sentir seu cheirinho gostoso, o calor da sua pele... e muitas vezes como neste exato momento, não consigo conter a emoção e as lágrimas. 
Eu vivi tão intensamente a gestação da Olívia e depois fui obrigada a viver uma dor tão intensa com a sua partida que as vezes sinto medo de viver intensamente novamente. O fato de não ser coerente com os sentimentos o tempo todo me incomoda e me deixa assustada. Ando tão carente, precisando de colo, de segurança.... queria não sentir medo, mas não consigo!
Hoje estava vendo com minha amiga/irmã Rose (que consegue ser mais ansiosa que eu) sobre como faremos no chá de bebê... e pelo fato de ela tomar a frente de tudo, decidir cor, local, dar opções para lembrancinhas e tal, comecei a chorar na frente do computar, pois eu sempre penso e organizo festa temáticas para tantas pessoas e esta foi a primeira vez que alguém pensava em uma festa pra mim (não diretamente, mas era minha e do meu bebê!), me senti tão importante e querida, se ela soubesse como me fez bem...


Essa semana conversando com minha amiga Cássia, ela disse que me achava corajosa por engravidar novamente, mas hoje, diante da minha situação emocional me sinto muito covarde. Sei que não posso permitir que esses sentimentos tomem conta de mim e da minha vida, mas esta tão difícil... sério! Pensei que iria ser mais fácil... 


Era isso... precisava escrever o que ando sentindo ultimamente... ficar com isso guardo só ia me fazer mais mal. Obrigada por me "ouvirem".


Com carinho,


Roberta
"nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"

10 comentários:

  1. Como são as coisas, te conheci agora e não sei o porque já sinto que vc é uma pessoal muito especial, não somente pelo que vc passou, mas tb pelo que vc escreve nos posts.. já sinto um carinho enorme por vc e pela sua Manoela, e desejo do fundo do coração que vc seja muito feliz, que seu chá seja perfeito e que sua princesa venha com muita saúde!!! estou aqui sempre que precisar ok? beijos

    ResponderExcluir
  2. Oh querida!! Te acho muito forte, corajosa e linda! Ter medo é saudável, não enfrentar os medos é que é o problema! Viva intensamente cada medo, cada lágrima, cada dúvida, isso faz parte. É vivendo cada sentimento desse que as coisas vão se resolvendo e tudo vai se encaixando!!!

    Estamos aqui, viu!
    Beijos pra vocês!!

    ResponderExcluir
  3. Acredito que o que vc está sentindo é normal depois de tudo o que passou,mais tente não ficar pensando muito curta cada momento de uma vez,eu antes queria meu tão desejado bebê pra ontem mas com o tempo cai na real que devo viver um passo por vez.Beijos em vc e na Manoela.

    ResponderExcluir
  4. Não é nada fácil apagar esse sntimento de medo que temos dentro de nós, mas pela princesa temos de tentar!
    Afinal, ela merece que aproveitemos cada pedacinho da nossa tão desejada gravidez!
    Tu acreditaste, por isso tentaste de novo e já conseguiste!
    Com calma, muita calma os 9 meses vão passar :)
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  5. O amiga não fique assim vc está na melhor fase da sua vida então repreenda todo o mal e tenha fé pois sei que dará tudo certo,na BÍBLIA diz que o verdadeiro amor lança fora todo o medo então acalme seu coração e faça o seu lindo ché de bb!!!!!BJUS

    ResponderExcluir
  6. Roberta, sei que por mais que tentamos, as vezes, esses sentimentos invadem e ficamos assim, reféns do medo.
    Mas existe um Deus maravilhoso, que sabe todas as coisas, e vc está num momento muito especial, você é abençoada, e merecedora de tudo isso, ele vai te iluminar, e será um período lindo, uma gestação maravilhosa, terá sua filha nos braços, e o passado, o anjinho da Olívia, e tudo que aconteceu, fará parte da sua estória, mas não será o enredo da sua vida, a partir de agora acontecerá coisas lindas, sentimentos inexplicáveis, turbilhão de felicidade, uma nova fase.
    Aproveita amiga.
    É o seu presente.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Rô sei exatamente o que está sentindo, eu estou igualzinha, tento não ficar pensando no amanhã, com medo de perdê-lo novamente, tento não imaginar o seu rostinho, não pensar em um nome, mas é impossível, pois o medo e a alegria de ter recebido novamente esta benção se confundem e ao mesmo tempo que não quero pensar por medo, penso em tudo, por alegria.
    Mas uma coisa eu decidi, somente começarei a fazer o enxoval quando eu completar 30 semanas, chá de fraldas farei somente após a confirmação da data do parto, claro que tudo isso pode mudar, mas confesso que tenho muito medo de sonhar muito longe.
    Estamos juntas e vamos conseguir enfrentar este medo!
    Um mega abraço!

    ResponderExcluir
  8. Medo... perfeitamente normal. Ro... só quem tem medo de sentir o "novamente" é quem já passou pela perda. Não se culpe, não peça e exija tanto de si mesma com relação a isso. Você já é uma grande guerreira por estar onde está hoje, nesta nova gestação que sem dúvidas será um sucesso. Pense sempre positivo e quando estes pensamentos chegarem agarre-se a Jesus... novamente eu digo: Escute o depoimento da Pastora Fernanda Brum!!!!!!!! Parece que esta palavra foi feita pra você! Ela perdeu várias gestações até engravidar da Laura, que veio linda, perfeita. O vídeo me arranca lágrimas.
    Fiquem com Deus, beijos em vocês...

    Cheila

    ResponderExcluir
  9. É amiga ....
    a vida é mesmo uma montanha russa de emoções e que não sabemos o que nos espera no lá em cima, se vamos descer de uma vezou se vamos continuar subindo....
    Mas eu sei que o que vc tá sentindo vai passar, depois vai voltar e assim vai ser até o dia que a Manuela nascer, e vc conseguir contar cd dedinho das mãos, dos pés, ver a orelhinha,narizinho...
    ver que td está perfeito, aí sim vc vai conseguir acalmar esse coração, mas num para por aí, pq vc vai sentir essa confusão de sentimentos em outros momentos da vida de vc's, ´rsrsrsrs, mas isso vc nos conta depois.

    Um bjo e fika com deus.

    ResponderExcluir
  10. Roberta querida,acho que vc me acompanhou um pouquinho na minha gestação e talvez viu os meus desabafos quase que diarios,não me considero fraca por isso,tive coragem de proseguir,de lutar e a cada dia venci..o medo é normal e muitas vezes nos ajuda,sei que em um momento como esse o mais certo seria confiar e curtir cada momento,assim como vc fez na gestação da Olivia e eu fiz na gestação do Riann,mas depois de ser tão machucada fica a cicatriz e em algumas ocasioes ela começa a sangrar novamente e nos impede de esquecer a dor que nos tomou conta...entendo o que vc esta sentindo pois senti igual,mas assim como pra mim deu tudo certo pra vc também vai dar..logo estara com sua princesa nos braços...continue assim desabafando e contando com os amigos pois é pra isso que servimos mesmo q seja virtual.
    te deixo meu abraço bem apertado e vamos viver mais um dia lindo e cheio de esperanças logo td isso vai passar viu!

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)