Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Não posso ver, mas sinto!

É engraçado como uma pessoa que esteve aqui dentro da minha barriga somente por 34 semanas e viveu fora do meu útero por apenas 30 horas e estar com Deus á praticamente 11 meses, continuar tão viva aqui dentro e para muitas pessoas do meu convívio. Acho estranho, pois muitas pessoas vivem tanto tempo e nem sempre fazem tanta falta ou  marcam dessa maneira a vida dos seus. Mas a Olívia mesmo com tão pouco tempo de vida e sem nem mesmo verem seu rosto, marcou de forma tão profunda a vida daqueles que conviveram com ela aqui dentro da minha pancinha.

Várias vezes me pego falando da Olívia como se ela ainda estivesse aqui. Hoje mesmo foi um dia desses...
Já aconteceu diversas vezes de alguém vir falar comigo e ao invés de falar Manuela, soltar um Olívia! É engraçado, pois na maioria das vezes elas percebem e ficam sem graça tentando corrigir, mas eu acho graça e até gosto! Acho que isso é a certeza que "para estar junto, não é preciso estar perto, mas dentro do coração", não é mesmo Débora??? 

Só preciso tomar muito cuidado para quando a Manuela nascer, sem querer, eu faça de conta que ela é a Olívia e não a Manuela, pois sei que cada uma é única e especial de sua maneira, mas cada dia que estudo o psíquico do ser humano, vejo que algumas coisas são tão inconscientes que temos que nos policiar. A única coisa que tenho certeza é que sempre vou contar para a Manuela e todos os outros irmãos que a Olívia terá, o quanto ela foi especial e que eles são privilegiados por terem um anjinho cuidando só deles lá no céu e que quando quiserem vê-la é só olhar para o céu e a estrela mais brilhante e bonita será a Olívia, a irmã especial que Deus enviou para cuidar da nossa família!

Olívia minha estrelinha que dança como uma bailarina no céu, "nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!" e sinto tão forte aqui dentro que as vezes sinto que você esta aqui, sentada no meu colo como eu sempre sonhei!

Com carinho,

Roberta - Mãe da Olívia e da Manuela

7 comentários:

  1. Oi Roberta! Suas palavras tão cheias de sentimento me emocionaram. Felicidades para você, Manuela, marido e toda a família. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi... post lindo... não tem como não lembrar né? E não é pra deixar de lembrar mesmo. A Olívia é um anjo lá no céu que vai estar pra sempre no seu coração. A Manu virá não pra te fazer esquecer, mas sim pra encher seu colo como você mesmo mencionou várias vezes... concordo em gênero número e grau com o que disse: A Olívia e a Manuela são únicas, cada uma a sua maneira... e você sabe bem separar isso, mas uma coisa não dá pra separar... o amor que sente pelas duas é igual...
    Um abraço linda;

    Cheila

    ResponderExcluir
  3. Roberta querida e gravidíssima...Bom, é muito delicado o que escreveu, esta "pessoinha" que viveu dentro de nós por 34 semanas ou 40 semanas nos marcou profundamente, eram nossos filhos amados e desejados, mas que infelizmente por algum motivo maior, que um dia vamos "entender", não podem estar mais fisicamente aqui, e para nós, separarmos o fisicamente do espiritualmete, da presença, da importancia desta pessoa nas nossas vidas é realemnte muito difícil. Mas vamos superando e não se preocupe com a troca dos nomes nao, é ainda recente e vc vai assimilando aos poucos, a Olívia e a Manuela são suas filhinhas, pra sempre vc vai falar delas, eu mesmo falo pro meu marido, que podem passar anos, eu ter 10 filhos, mas se me perguntarem quantos filhos eu tenho, sempre vou incluir o Lucas na contagem...No mais Roberta, fique com Deus e em paz, e cuido bem da florzinha que tá aí dentro de vc e qe logo estará dando alegrias a todos. Abraço carinhoso!!!

    ResponderExcluir
  4. É incrível como nossos anjinhos continuam fazendo parte de nosso dia a dia mesmo não estando aqui presente fisicamente.Eu ainda falo muito na Jéssica e penso muito nela,eu sempre me pego chamando meu bebe de "ela" e ainda nem sei o sexo...tenho que estar sempre me corrigindo...
    Agora imagina você com outra menina,que benção!

    Tudo de bom pra vcs!
    Bejinhos...

    ResponderExcluir
  5. Que lindo esse post!

    Mãe nunca esquece um filho. E o amor é mesmo para sempre né?

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus do céu!!!! Como o tempo passa rápido.

    Vc veio para SJC? Vai vir, vamos nos ver??? Eu ainda estou trabalhando e eh tanta correria no mes de dezembro, passa tao rapido...estarei de ferias dia 16. Estou acompanhando tudo do seu blog, linda.

    Estou com muitas saudades e espero logo te ver.

    grande bj e tudo de bom e do melhor para vc e a sua linda familia

    ResponderExcluir
  7. Oi minha linda! Que fofa sua postagem, Você sempre me emociona com suas lindas palavras! É isso mesmo amiga, quem está dentro do coração, está sempre juntinho de nós!
    Desculpe se estou ausente, ando correndo bastante ultimamente com meus trabalhos, mas estou sempre passando por aqui, leio tudinho!
    Li a post de cima também, como passa rápido, não é? 20 semanas e a Manu já é uma mocinha...rs.

    Muitos beijos em vc e na Manuela!

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)