Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Cuidado! Palavras são como dardos venenosos que perfuram o coração.

11 mensagens carinhosas
Fui á Dra. Eliana ( linda! ela que vai cuidar de mim agora e do meu próximo filho!) tirei meu ponto e algumas dúvidas. A Tia Cristina foi comigo, outra linda! Até então foi tudo lindo e perfeito, até o momento em que a Lolo me levou para trocar a cinta pós parto que ficou pequena.

Quando cheguei ao estabelecimento, a menina que me atendeu lembrou de mim e pegou minha cinta para trocar. Ela procurou, mas só tinha a P que estava no mostruário na sexta-feira quando comprei a minha. Aí a menina disse assim, eu não tenho mais dela, e eu perguntei de poderia fazer pedido e quanto tempo iria demorar. Ela respondeu que não trabalhava mais com o fabricante e que não dava para fazer pedido. Disse que eu poderia trocar por um outro modelo, mas como eu havia visto no outro dia, elas custava mais que o dobro do que a minha e sinceramente não acho que seria necessário uma cinta tão cara! Eu disse que não tinha dinheiro para pagar a diferença e como poderíamos resolver, já que ela não tinha outro produto e eu precisava da cinta. Ela tentou ligar para várias pessoas e pediu a todo tempo para o dono da loja ajudar e me atender, mas ele estava atendendo uma pessoa que iria comprar uma cadeira de rodas e não deu atenção a vendedora. Quando ela me falou que poderia fazer um vale e que eu poderia trocar por qualquer outro produto, eu disse que não precisava de  outro produto e esperava não precisar (pois era uma loja de produtos cirúrgicos) e que eu achava que ela não havia me atendido de maneira adequada, pois ela deveria ter me falado que não trabalhava mais com o produto, pois se isso tivesse ocorrido eu não teria comprado essa cinta específica, escolheria outra ou teria ido em outra loja. E que por trabalhar com estes produtos deveria saber vender o produto, pois ela disse que a M me serviria e que a G iria ficar enorme. Ela saiu nesse momento e foi tentar  ligar novamente, o dono da loja ficou muito irritado por estar atendendo a cliente bem ao meu lado e assim que ela saiu disse pra mim o seguinte: Porque você agrediu minha funcionária e a tratou com falta de educação? eu respondi que não a tratei com falta de respeito e nem a agredi, pois disse somente que ela não me atendeu de maneira adequada e que em nenhum momento disse que ela foi mal educada ou me tratou mal. Ele continuou dizendo que eu era arrogante, mal educada e que estava falando daquele jeito pq a loja dele era simples e pequena e que se seu tivesse no Carrefour ou nas Lojas Americanas, nunca falaria assim com eles e blá blá blá... sempre me ofendendo e me dizendo palavras duras, mal educadas e mentirosas. Nesse  momento ele disse que não iria resolver meu problema, que era pra eu sair da loja dele e sumir. Então eu disse que iria ligar para o polícia. Quando eu estava ligando, minha mãe entrou na loja e ele veio atendê-la.Assim que ela se apresentou ele disse que queria falar com ela e eu pedi que ela não conversasse com ele, pois como ele era mentiroso iria engana-la e ele não merecia mais conversa. Ele ainda teve a cara de pau em dizer para a vendedora dele que iria acontecer o mesmo que aconteceu com a outra moça e que não adiantaria nada vir a polícia pois ele não estava nem ai.

Fiquei em frente a loja aguardando a polícia e resolvi entrar na loja para pedir minha nota fiscal (que ela não havia me entregado no dia da compra), ele me expulsou da loja e fez a pior coisa que ele poderia fazer para uma mãe que perdeu seu filho e tão recentemente. Ele apontou o dedo na minha cara e disse em tom de ameaça e muito alto: QUEM TE FALA AGORA É UM ESPÍRITA. VOCÊ PERDEU SEU FILHO PORQUE É UMA PESSOA ARROGANTE, MAL EDUCADA, GROSSA E EU TE DIGO QUE MUITO MAIS VAI ACONTECER COM VOCÊ, PORQUE GENTE ASSIM COMO VOCÊ MERECE ISSO. VOCÊ VAI SOFRER AINDA MAIS. Na hora que ouvi aquilo meu coração se encheu de dor, meus olhos de lágrimas e eu respondi: ESTA AMARRADO EM NOME DE JESUS! e ele sem pestanejar respondeu: VAMOS VER O QUE SEU JESUZINHO PODE FAZER! Eu abaixei a cabeça e sai da loja novamente com o coração em frangualos, afinal, o que minha filha tem haver com isso? Nossa, posso dizer que foi desumano o que esse homem fez, de verdade!

A polícia chegou e fui relatar o que aconteceu. Contei tudo e no memento de falar o que ele disse sobre a perda da Olívia, não aguentei e me emocionei. Pedi desculpas aos policiais e continuei o boletim.
Um dos policiais foi até a loja e conversou com ele. Minha mãe e a Lolo ouviram algumas partes da conversa e disseram que ele estava colocando a situação como se eu tivesse histérica, agredido a funcionária dele e que ele a todo momento tentou resolver de maneira amigável e eu que não quis. Quando estava acabando o boletim, o policial chegou e disse que ele havia encontrado uma cinta com apenas 15 reais de diferença da outra e que ele estava disposto a pagar até o motoboy para levar na minha casa amanhã mesmo a cinta. Como o que eu queria desde o início era resolver o problema, entrei até a loja com os policiais. Ele disse que já havia me dito que até a cinta que eu comprei ele conseguiria para amanhã e que tinha a outra também, que no caso não me serviria pois era muito baixa. E o policial perguntou novamente, se ele poderia então conseguir a mesma que eu havia comprado e ele respondo apenas dois minutos depois o contrário. Disse que não, pois era fornecedor de São Paulo. Pois bem, quem será que estava mentindo? Eu? Pois bem, resolvi meu problema, não do jeito que eu queria, pois minha mãe para resolver acabou comprando a cinda cara de 130 reais pagando a diferença. No momento de acertar o motoboy, descobrimos mais uma mentira. Ele disse que teríamos que pagar 6 a 7 reais. Antes de sair, eu disse pra ele em prantos para ele nunca mais falar daquela maneira com uma mãe que havia perdido seu filho, pois ele não entendia a dimensão dessa perda e sabe o que ele respondeu? POIS É, VOCÊ É MUITO NOVA E VAI AMADURECER MUITO AINDA. INFELIZMENTE SEU FILHO PAGOU POR VOCÊ SER ASSIM ARROGANTE E VOCÊ AINDA VAI FAZER TODOS A SUA VOLTA SOFEREM MUITO, POIS GENTE COMO VOCÊ NÃO SOFRE, QUEM SOFRE SSÃO OS TERCEIROS QUE ESTÃO AO SEU LADO. Eu respondi: O senhor não sabe o que esta falando. Virei as coisas e sai. Só que ao sair eu burra e idiota, pedi desculpas e sabe o que ele respondeu? OLHA, ERA ISSO QUE EU QUERIA FALAR COM A SENHORA (minha mãe) QUANDO SUA FILHA NÃO PERMITIU (sobre a cinta). E AGORA, A SENHORA PODERIA PROCURAR UM ATENDIMENTO PSICOLÓGICO PARA ELA, POIS É DISSO QUE ELA PRECISA! e eu respondi burramente, e o senhor precisa ter mais educação e tratar as pessoas com mais respeito! 

Que idiota! Deveria ter pego aquelas cadeiras e jogado na cara dele. Que raiva! Meu Deus! eu sai de lá chorando e um policial me acompanhou. Assim que saímos da loja ele me disse assim: Olha, não fica assim não! Ele disse que era espírita né? Pois é gente assim não tem coração. É frio. Não entende a dor das pessoas. E ele deveria tratar as pessoas com mais amor e respeito, pois ninguém vem até a loja dele comprar um produto feliz. Ninguém quer ter que vir comprar uma cadeira de rodas ou um tubo de oxigênio para respirar. Se fosse uma loja de roupas ou sapatos, tudo bem, a gente compra e sai feliz. E outra, mal sabe ele que a vida começa depois da morte e quando ele estiver queimando, vai lembrar o que falou de Jesus e ai vai ser tarde!

Eu sai de lá destruída e humilhada. Nunca na minha vida me senti tão humilhada. As palavras dele machucaram ainda mais meu coração e justo hoje que eu estava tão bem! Cheguei a pensar até o que eu poderia ter feito de tão mal em minha vida para merecer perder um filho. Essa dor que não tem explicação. E nada me veio a mente. Pois deveria ser algo a ponto de não conseguir colocar a cabeça no travesseiro ou fechar os olhos sem me lembrar todos os dias, mas eu juro que não me lembro! 

Pensei que 2011 seria melhor que 2010, mas agora estou ficando com medo. Se continuar assim... vai ser complicado continuar!

Como sempre eu tento ver o lado bom das coisas, apesar da dor,  cheguei a essa conclusão:
Aprendi, que palavras machucam mais que agressão física, pois a dor do corpo, médicos e remédios curam, mas a dor da alma, é muito difícil de se curar e tirar da mente e do coração.
A partir de agora, vou prestar mais atenção em como trato as pessoas, para não causar a elas o mesmo mal que foi causado a mim.


Com carinho,


Roberta

domingo, 30 de janeiro de 2011

Sobe e desce de emoções!

1 mensagens carinhosas
Esta foi a primeira noite que dormi relativamente bem. Acordei somente 1 vez durante a madrugada e levantei as 9h, o que para mim é uma vitória, já que nos últimos dias (desde que parei com os remédios), tenho levando no máximo as 5h30, apesar de conseguir dormir somente depois da 1h.

Hoje o dia esta sendo muito difícil. Pensei muito na Olívia, tentei ocupar minha mente com outras coisas, nem entrei nos blogs que estava entrando diariamente, de pessoas que sofrem como eu. Pesquisei sobre o curso de psicologia que pretendo começar em breve e não li nada relativo a gestação. A unica coisa que li, foi o boletim do Baby Center dizendo que hoje eu completaria 36 semanas e que minha bebê não era mais considerada prematura. Treze dias. Foi isso que separou minha pequena da prematuridade. Parece tão pouco né? Então fiquei pensando: Será que o pior não teria acontecido se conseguíssemos esperar? Será que ela estaria mais forte? Será que hoje eu a teria em meus braços? Será? Será? Será? Como se saber alguma dessas respostas fosse trazer minha Olívia de volta. E se eu sei disso, porque fico me martirizando, pensando nos porques e tentando encontrar uma explicação?

Ai, eu estava vendo TV e resolvi mudar para o canal Viva. Estava passando a missa do Padre Marcelo, e ele estava iniciando a Eucaristia. Geralmente eu mudo de canal, mas hoje foi diferente. Hoje eu deixei e o Padre disse algumas palavras, no máximo 20 e começou a música e entrega da comunhão. Pois bem, já na música comecei a chorar, pois era aquela Noites Traiçoeiras e eu desabei a chorar. A música é essa aqui...
Deus está aqui neste momento. Sua presença é real em meu viver. Entregue sua vida e seus problemas. Fale com Deus, Ele vai ajudar você.Deus te trouxe aqui Para aliviar o teu sofrimento. É Ele o autor da Fé Do princípio ao fim, De todos os seus tormentos.E ainda se vier noites traiçoeiras, Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo. O mundo pode até fazer você chorar, Mas Deus te quer sorrindo. Seja qual for o seu problema Fale com Deus. Ele vai ajudar você. Após a dor vem a alegria, Pois Deus é amor e não te deixará sofrer. Deus te trouxe aqui Para aliviar o seu sofrimento. É Ele o autor da Fé Do princípio ao fim, De todos os seus tormentos.

Como se não bastasse, assim que a música acabou, o Padre falou com poucas palavras sobre um encontro que aconteceu e que participaram 12mil pessoas, que eles atenderam a todas elas e o que mais impressionou ele foi o seguinte, e perguntou assim: QUEM AQUI PERDEU UM FILHO? Gente, eu juro, no mesmo momento e fiquei sem reação. eu estava com uma amiga no msn e prestando atenção na missa, mas nesse momento, parei com tudo e prestei atenção no que ele dizia. E ele somente leu uma oração eu acho que tem no livro Ágape dele. Na oração, pediamos a Deus que nos desse o dom da alegria, para confortar a dor do nosso coração. Foi uma oração linda! Eu não me lembro bem, mas sei que era linda, simples e dizia tudo que eu quero dizer a Deus nos momentos de sofrimento e dor. Então eu pensei: Será que Deus falou comigo? E no mesmo instante eu disse: Sim! Deus falou comigo sim! 
Outra coisa que pode parecer besteira mas tambem aconteceu essa semana foi o seguinte: No facebook tem o esquema de aplicativos de frases, piadas, o que devo fazer hoje, etc, tem também um do Chico Xavier que minha prima Ellen sempre faz eu eu somente curto, pois não sei mexer direito no Face. Na sexta feira, eu resolvi tirar uma palavra e quando cliquei saiu o seguinte: 

´Tudo tem seu apogeu e seu declínio...
É natural que seja assim, todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos o nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!
Novas folhas, novas flores, na infinita benção do recomeço!´
Chico Xavier

Eu não tenho dúvidas que Deus tem falado comigo e que todas as orações que vocês tem feito por nós estão surtindo efeito. Mesmo que  eu viva nessa montanha russa de emoções, hora triste, hora nem tanto, sei que Deus esta comigo e com meu esposo e vai nos dar a vitória! 

Sei também que para a grande maioria das pessoas, até as que viveram de maneira mais intensa nossa gestação, já não aguentam mais me ouvir falar da dor e do sofrimento que venho passando e eu entendo, juro que entendo e nunca, jamais, em tempo algum, quero que alguém entenda e sinta  verdadeiramente nossa dor, pois somente conseguirá entender a dimensão da dor que eu e meu marido sentimos quem passar pela mesma perda e isso eu não desejo a ninguém! Em razão disso, quero pedir desculpas para todos que me ouvem falar, lamentar, chorar literalmente ou mesmo descrever aqui no blog a falta que nossa Olívia faz, sei que é difícil compreender nosso luto, mas ele infelizmente é maior que o de vocês, por mais amor que pudessem sentir por ela ou por nós, pois não existe amor maior que de pai e mãe, então, por favor, tentem compreender que mesmo tendo passado 10 ou 20 anos, um pedaço do nosso coração sempre estará de luto e mesmo que tenhamos 10 filhos, sempre sentiremos falta e lembraremos da nossa Princesinha Olívia, pois ela não é descartável e nunca poderá ser substituída! 

Amanhã provavelmente irei tirar os pontos, assim, fica menos visível aos meus olhos o que passei. 


Até aqui tem nos ajudado o Senhor. (I Samuel 7:12)


Um beijo grande a todos,


Roberta


sábado, 29 de janeiro de 2011

Alegria, saudade, tristeza, emoção... tudo junto e misturado

2 mensagens carinhosas
Ontem acordei cedo novamente, mais ou menos umas 6h30 (desde que parei com os remédios, acordo de madrugada e não consigo mais pegar no sono), fui para o INSS receber o meu Salário Maternidade. Muito doloroso, pois quando o atendente me pediu a Certidão de Nascimento da minha filha, tive que entregar a Certidão de Óbito (que pegamos anteontem junto com a certidão de nascimento). Que sensação horrível! Mas enfim, esta é hoje a minha realidade e mesmo que tente, não consigo nem posso fugir dela. Meu marido disse que quando foi buscar as certidões de nossa filha, a mesma pessoa que entregou, foi a que fez o documento no hospital e como todo mundo sabe, o Xuxu gosta de uma piadinha né? Agora imagina o Xuxu, junto com o Tio Cândido, fazendo piadas no dia mais feliz da vida dele! Pois é, não deu outra, a moça do cartório se lembrou de nós, e ele disse que ela quase chorou no balcão dizendo que não acreditou quando ligaram do hospital dizendo o que havia acontecido e que ela não acreditava, pois ela só conseguia se lembrar da nossa felicidade! Pois é, se a moça do cartório que nos conheceu por apenas 5 minutos não acredita imagina nós? Mas vamos lá...

Quando saímos de lá, meu esposo me convidou para ir ao escritório dele, eu relutei um pouco, pois lá tem um outro escritório com muitas pessoas e não queria que todos ficassem me olhando com cara de dó ou piedade e nem que viessem falar comigo, pois é difícil demais falar do ocorrido sem que as lágrimas corram pelo meu rosto. Mas eu fui e fiquei somente no seu escritório e graças a Deus, somente uma pessoa veio falar comigo e dizer que sentiu muito forte orar por mim quando estava na missa de adoração do Santíssimo. Mesmo assim o nariz ficou vermelho e as lágrimas encheram meus olhos, mas eu fui "forte" e não deixei que elas caíssem!
Mais tarde, fui pela primeira vez desde que comecei meu repouso em 13 de Dezembro caminhar na praia no fim da tarde, com minha mãe (que não conhecia a cidade), minha tia Cristina (madrinha da Olívia) e a Ellen (Tia/prima da Olívia).

Por um lado foi muito bom passear um pouco e conversar, mas o que me deixou com sentimentos muito confusos, foi ver muitas grávidas e bebês recém-nascidos com seus pais, a grande maioria meninas... era uma mistura de saudade, inveja, raiva, alegria, vontade, sonho,... na verdade eu não sei nem explicar o que sentia, só sei que ficava olhando e quando percebia, virava o rosto e continuava a falar. Me sentia mal por esta com esses sentimentos.

Quando paramos para comer, de forma inevitável, começamos a falar da Olívia. Pela primeira vez consegui descrever minha filha e ao invés de chorar ou sentir qualquer outro tipo de sentimento ruim ou de dor, eu senti uma paz, uma alegria, uma calma, serenidade e um amor ao descreve-la, que não consigo explicar. Falei de como foi ouvir seu choro ao nascer, de quando a vi e toquei pela primeira vez, de como era sua pele, seu cabelo, suas mãos, seus pés, seu narizinho lindo, sua boquinha tão pequena e perfeita... e por mais incrível que possa parecer, descrevi como ela estava quando fui reconhecer seu corpinho no caixão tão pequenino... falei como ela era linda e estava mais ainda com a roupinha que a Madrinha escolheu e a Tia Ellen comprou para ela sair da maternidade. Era vermelha, e por ela ser muito branquinha, ficou linda demais com a roupa! Posso dizer com toda certeza do mundo que este momento em que eu a  descrevia, foi o melhor que já tive desde que este pesadelo começou.

Conversando com a Ellen, falei sobre minha vontade de engravidar novamente  e ela me aconselhou a esperar um tempo considerável, pois como minha gravidez foi muito esperada por todos, ela temia que ao invés de festa, todos ficassem muito apreensivos e temerosos com uma gravidez muito próxima. Na verdade, eu acho que independente de quando isto acontecer, todos ficarão com um pouco de medo, principalmente eu e meu marido, pois não queremos passar por isso nunca mais!

Sabe, eu já disse isto num post anterior mas vou repetir, ontem dia 28/01 completou 9 dias que minha filha partiu, mas não sei porque, a sensação que tenho é que faz pelo menos 1 ano que tudo aconteceu... que faz muito tempo. Muitas pessoas dizem que devo virar a pagina e começar novamente, mas infelizmente, não é assim. Apesar de nossa vida ser um livro, onde nossa história é contada a todo minuto, este capítulo da minha vida começou de maneira linda e promissora, mas ainda não acabou, eu ainda não posso fazer muitas coisas por causa dos pontos da cesariana, tudo ainda me lembra nossa princesa, ainda tenho a sensação de estar grávida... são muitas coisas, entre elas o fato de que não quero e não vou esquecer a Olívia, este anjo lindo que Deus me deu por alguns meses em meu ventre e por dois dias para que eu pudesse tocá-la e me despedir. 
No próximo post, vou contar algumas curiosidades sobre minha gravidez e que somente agora percebo.

Um beijo grande e muito obrigada a todos pelo carinho e recadinhos tão lindos de força e esperança. Muito obrigada também por todas as orações, saibam que elas nos confortam a cada dia!

Até amanhã,

Roberta  

Bem vinda Ana Sophia

1 mensagens carinhosas
É com muita alegria e satisfação que venho dar boas vindas a Ana Sophia, filha de uma amiga que não conheço pessoalmente e que se tornou amiga à menos de 10 dias, Vanessa!

A Ana Sophia é linda! Quem quiser conferir acessem http://portafilho.blogspot.com/  vale a pena!

Na verdade, foi Deus que colocou a Vanessa em minha vida após a ida da Olívia para o céu. Ela entrou no blog e me começou a deixar palavras de consolo e amor. O recado mais lindo de todos foi o último, do post Carta para minha amada Olívia, onde ela diz que pedia para Ana Sophia antes de nascer dizer a Olívia que eu a amo muito! (chorei muito ao ler este recado!)

Vanessa, muito obrigada por todo apoio que você me deu nesses dias. Saiba que suas palavras de conforto e suas orações foram e serão muito úteis e bem vindas, mas agora, cuide de sua princesa com todo amor que eu sei que você tem.  Diz a ela que agradeço muito por ela dar este recado ao meu anjo e que em breve, ela terá um (a) amigo (a), aqui na terra para brincar.

Que Deus abençoe sua família todos os dias abundantemente.

Com carinho,


Roberta

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Carta para minha amada Olívia

3 mensagens carinhosas
Filha amada e esperada,
sei que você está bem! O colo do Papai do Céu sem dúvidas é muito mais macio e seguro do que o da Mamãe ou do Papai. Sei que Papai do Céu tem muito a te ensinar e com uma sabedoria que a mamãe não pode entender de maneira alguma. Fique tranquila que a Mamãe ficará bem e o Papai também, é uma questão de tempo, pois tudo ainda é muito recente, mas isso não significa que iremos te esquecer, isso NUNCA! Apesar de ter sido por apenas algumas horas fora do meu ventre, durante as 34 semanas que você passou aqui dentro de mim, todos ao nosso redor te amaram de uma maneira inexplicável e você sabe disso. Sei que você ouvia por milhões de vezes deu nome e os planos que fazíamos para quando você estivesse aqui fora conosco. Você foi motivo de felicidade para muitos e ainda é, mas agora com saudade também, saudade essa que ainda não aprendemos a administrar, mas fique tranquila filha, vamos aprender!

Minha Princesa, mesmo quando seus irmãos vierem, você jamais será esquecida, e iremos sempre, sempre falar da irmãzinha deles que foi morar com o Papai do Céu e se tornou um anjo lindo lá no Céu. E sempre que pudermos, vamos nos sentar lá fora e olhar você com o Binóculo do Papai, para saber como você está e dar um tchauzinho. Se o binóculo do Papai não conseguir te enxergar vou pedir para ele comprar uma luneta tá?

Filha, gostaria de te fazer um pedido. Diz para o Papai do Céu que a Mamãe pede desculpas por todas as vezes que ela O questionou ou pensou que Ele não estava com ela, pois ela sabe que Ele nunca a abandonou, mas que está muito difícil conviver com a sua falta e que apesar de todos dizerem e muitas vezes a Mamãe demonstrar ser "tão forte", é somente para ninguém ver o "quão fraca e vulnerável" ela é, pois você não chegou a saber, mas o mundo aqui embaixo é muito malvado e egoísta. Meu Anjo, diz também Céu que a Mamãe precisa muito d'Ele, mas o Papai precisa ainda mais, pois ele esta demonstrado ser "fortão" por causa da Mamãe, pra tentar ajudá-la e também porque ele é assim, tenta esconder alguns sentimentos, mas filha, a Mamãe sabe e vê o quanto ele esta triste com sua partida e precisando que alguém o pegue no colo e você sabe filha, o melhor colo do mundo é o de Jesus! Então, peça a Ele que sempre que a tristeza começar a abater o coração do Papai, Ele venha e o pegue no colo, confortando seu coração. Agora a Mamãe promete que é a última coisa (rs), fala pra Ele que a Mamãe não vê a hora de se tornar mãe novamente, mas que como Ele sabe de todas as coisas, ela vai esperar o momento que Ele achar oportuno e de direito que isto aconteça e que enquanto isto não acontece, que ele continue cuidando dela e do Papai para que eles nunca percam a fé e a esperança!

Filhota, ontem a mamãe estava pensando em como a vida dela e do Papai se assemelham com a de um filme chamado "Marley e Eu", o Papai adora esse filme filha e quer assistir toda hora. Nesse filme eles tem um cachorro chamado Marley (nós temos o Kindim), e eles amam muito este cachorro (como nós também amamos o nosso), mas eles resolvem ser pais e na primeira vez que ela engravida perde o bebê e fica muito triste, mas depois eles conseguem ter mais três filhos lindos! E são muito felizes juntos! A mamãe ficou pensando nas semelhanças entre nós e acredita que quando ela foi contar ao Papai ele disse que havia pensando a mesma coisa ontem também? (rs) Espero que este seja um sinal!!! Meu Anjo, a Mamãe também gosta muito de um filme chamado "Um amor para recordar", é um filme lindo, que a Mamãe não cansa de assistir e chora todas as vezes que assiste! (rs) Neste filme uma moça linda assim como você, vai morar com o Papai do Céu e o seu marido lembra de um versículo biblico que diz assim: "O amor é como o vento, não posso ver, mas posso senti-lo" E hoje percebo que nosso amor é assim, eu não posso vê-lo, mas eu o sinto a todo instante em meu coração!

Muito obrigada meu bebê por todos os segundos que esteve aqui em meu ventre e fora dele.

Meu amor, a mamãe encontrou na letra dessa música muito do que ela sente  e gostaria de lhe dizer. É linda! Tenho certeza que você vai gostar também!

UMA VEZ MAIS - Ivo Pessoa

Vôa minha ave
Vôa sem parar
Viaja prá longe
Te encontrarei
Em algum lugar...
Permaneço em ti
Como sempre foi
Mais perfeito e mais fiel
Mesmo sozinho sei
Que estás perto de mim
Quando triste olho pro céu...

Quando eu te vi
O sonho aconteceu
Quando eu te vi
Meu mundo amanheceu...
Mas você partiu sem mim
E sei que estás
Em algum jardim
Entre as flores...

Anjo!
Meu tão amado anjo
Bem sei que estás
E eu do brando sono
Hei de acordar
Para os teus olhos
Ver uma vez mais...
Mais
O verdadeiro amor espera
Uma vez mais

Quando eu te vi
O sonho aconteceu
Quando eu te vi
Meu mundo amanheceu...
Mas você partiu sem mim
E sei que estás
Em algum jardim
Entre as flores...


"É como o vento, não posso vê-lo, mas posso senti-lo"

Te amo eternamente,

Mamãe

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

7 dias? Parece mais 7 anos!

0 mensagens carinhosas
A missa da nossa Princesa foi dia 25 as 17h aqui na Praia e as 19h30 em São José.

Como foi difícil ouvir o nome dela, aquele que o Papai escolheu com tanto carinho no momento do sétimo dia. Cada vez que o Padre dizia: Olívia Marques Lemes Castro, era como se uma faca entrasse em meu peito apunhalando meu coração e o destroçando sem arrancá-lo, pois se assim fosse, seria mais fácil aguentar a dor, pois ela logo cessaria.

A missa de São José foi muito bonita e triste (assim me disseram). Alguns amigos e familiares compareceram e todos choraram muito a perda do nosso anjo para Deus!
Porque somos assim? Porque sofremos assim? Não sabemos e ficamos repetindo a todo instante que ela se tornou um Anjo. Que Deus a escolheu. Que ela esta junto D'ele... então! Porque não ficamos felizes ao pensar nisso? Sinceramente não sei a resposta. A única coisa que sei é que já não durmo como antes... não consigo mais deitar a cabeça no travesseiro e fechar os olhos sem me lembrar do momento que ouvi seu choro ao nascer, e das 3 vezes que tive a oportunidade de toca-la, sendo que duas dessas vezes meu coração estava cheio de esperança e planos, já a última delas... ah! a última delas, eu já não tinha a certeza de nada, somente que um medo muito grande invadia meu coração e a sensação mais horrível que já senti, algo que não sei nem como explicar, invadia meu ser... Durante a noite meu sono não é diferente. Acordo algumas vezes pensando nela. Ainda não consigo acreditar que meu sonho mais doce se tornou essa realidade tão amarga e dura. Não consigo acreditar que ao invés daquela "pança enorme", agora tenho apenas algumas gordurinhas e um corte que dói muito. 

Nossa! apenas 7 dias se passaram e a dor parece de 7 anos! Como as vezes as horas parecem ser tão longas apesar de terem os mesmos 60 minutos daquelas horas que parecem ser tão curtas?

Muito obrigada a todos que comparecerão de corpo ou de coração neste momento tão doloroso para nossa família.

Com carinho,

Roberta



terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Outra conversa com Deus

1 mensagens carinhosas
Hoje é a missa de sétimo dia da nossa filha Olívia.
Essa noite demorei muito para dormir... não conseguia parar de pensar nela. Ficava o tempo todo ouvindo o chorinho mais lindo desse mundo, que ouvi assim que ela nasceu e pensava na primeira vez que meus olhos olharam para ela. Foi dia 18 de janeiro as 15h... Eu não conseguia acreditar que aquela criança linda e perfeita havia estado no meu ventre!
Meu Deus! Não consigo aceitar que aquela menina tão linda, tão grande não tenha conseguido sobreviver!
Sei que para tudo o Senhor tem um propósito, mas me diz por favor, qual o propósito para tanta dor? Qual o propósito para tanto sofrimento meu Deus! O Senhor sabe que estou tentando ser forte, mas esta muito difícil, acho que não vou suportar!

Cuida de mim Senhor! 
Eu preciso sentir Sua presença!
Preciso acreditar que o Senhor é comigo!
Preciso crer que o Senhor tem planos para minha vida de verdade!
Deus, fala comigo... mas fala claramente! Preciso ouvir sua voz!
Eu pensei que a Olívia era um presente do Senhor para nós, mas presentes nós não pegamos de volta não é mesmo Deus? Então o que esta acontecendo? Pra que isso Deus? Me fala se não vou enlouquecer! Eu preciso entender!

No aguardo de uma resposta Sua...

Roberta



segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Gostava tanto de você...

3 mensagens carinhosas
Olívia filha amada...
Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...
Você marcou na minha vida
Viveu, morreu
Na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão
Que em minha porta bate...
E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...
Eu corro, fujo desta sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver prá não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você...
Para sempre vamos te amar.
Mamãe e Papai

sábado, 22 de janeiro de 2011

Agradecimento aos nossos queridos amigos

2 mensagens carinhosas
Queremos agradecer a todos os nossos amigos que a todo momento nos enviam palavras de consolo e força. Muito obrigada a todos. Saibam que esses gestos são de suma importância para nós e nos fortalecem muito. É muito bom saber o quanto somos queridos e principalmente nosso anjinho Olívia, que passou tão rapidinho por aqui e conseguiu deixar tanta saudade.


Sabemos que o vazio que esta em nosso coração hoje, nunca será preenchido por nada nem ninguém, mas com o passar dos dias, vamos nos "acostumando" com sua falta e tentando fazer com que essa dor que parece interminável, se transforme na mais doce e pura saudade.
Muito obrigada mais uma vez a todos. Saber que não estamos sozinhos nos deixa mais fortes e com a certeza de que vamos conseguir.

Depois se vocês tiverem um tempinho, passem pelos dois blogs abaixo e vejam que linda homenagem nossas amigas Tati e Rúbia fizeram para nosso anjinho. Obrigada queridas... linda e doces palavras!


Mais uma vez obrigada a todos!

Com carinho,

Mamãe Roberta e Papai Vitor

Conversa com Deus

2 mensagens carinhosas
Sabe Deus, eu sempre me gabei por essa alegria que as vezes (na verdade muitas vezes) me tornava até chata, pois, em alguns momentos, eu deveria ficar triste e abalada, mas eu não conseguia pois tinha a certeza que "todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus" e como eu amo a Deus, sabia que ia ficar tudo bem e que qualquer coisa que acontecesse ia passar independente do que fosse.
Hoje tudo esta diferente, o Senhor sabe. Já até te questionei algumas vezes nesses últimos dias porque não consigo entender o que esta acontecendo Deus. Onde esta aquela certeza que eu tinha que tudo ficará bem? E a alegria inabalável? O que aconteceu com ela? É Deus, eu sempre me achei forte e hoje vejo que de forte não tenho nada! 

Lembra Deus quando eu fiz o teste de gravidez e deu positivo? Chorei tanto com o Kindim e com a Cacau no banheiro da minha antiga casa Te perguntando e agora o que eu ia fazer? lembra que eu não acreditei e tive que comprar outro teste para ter certeza?rs Lembra como o Xuxu ficou feliz? E nossa familia, amigos... era tanta alegria! A primeira filha, a primeira neta, a primeira bisneta, a primeira sobrinha, primeira de uma nova geração na família... Tantos planos, tantos sonhos... O Senhor podia ter nos avisado que Seus planos e sonhos eram muito diferentes dos nossos. Será que o Senhor tentou me avisar de alguma maneira e eu não entendi? 

Hoje, toda alegria se transformou em tristeza, todo sorriso em lágrima e todo sonho em pesadelo. Será que um dia eu vou acordar?


Esta é minha oração...

Meu Deus, te devolvo minha filha
Papai do céu, assentada aqui 
Quero lhe fazer um pedido
Acabo de lhe entregar a mais bela dos anjos
O mais sincero amor de uma criança
Lhe entreguei o que me eras mais precioso nesta vida
Lhe entreguei todos os meus sonhos num só momento
Tente apenas me fazer compreender o porquê
Tente fazer que eu sinta cada vez que eu fechar os meus olhos
Tente me fazer olhar pra frente e não ter medo
Ter a coragem suficiente que necessito para continuar
Nessa estrada que está tão cheia de pedras
Faça-me compreender realmente que ela é o mais novo anjo no céu
Faça-me ajudar acreditar que o mundo será bem melhor com sua ajuda
Faça-me acreditar que tudo era preciso
Faça-me nunca perder minha fé por nenhum instante
Faça-me sentir a mais doce saudade ao invés dessa dor que machuca tanto
Faça-me crer que a verei novamente
Eu amo você meu Deus, te devolvo minha filha Olívia. CUIDE DELA PRA MIM.
Amém!


Roberta Marques 



quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Pai, afasta de mim essa dor!

4 mensagens carinhosas
Esta noite, depois que postei no blog, quando pensei que nada mais poderia acontecer, acontecer, aconteceu... Meus seios incharam e ficaram doloridos... o que será isso? Pensei. Minha sogra respondeu: Filha é o seu leite que esta descendo isso normal!
Não sei explicar o que senti! Quando estava no hospital, morria de medo de não ter leite para alimentar minha filha, agora tenho leite e não tenho filha para alimentar! Por diversas vezes acordei durante a madrugada e estava toda molhada. Cada vez que abria meus olhos e tinha essa sensação, a dor invadia minha alma e ficava pensando, pensando... até conseguir pegar no sono novamente. Porque tem que ser assim? Queria chorar e gritar, mas não posso, pois estou cheia de pontos por causa da cesárea, agora o leite... quando esse pesadelo vai acabar? E meu marido? Fica vendo tudo se sentindo a minha dor... Queria tanto que ele não estivesse passando por isso... queria retirar a sua dor e colocar em meu peito, pois sofro muito ao vê-lo sofrer, mas eu não posso! Me sinto impotente...

A todo momento, essas 34 semanas passam como um filme em minha mente e eu não consigo dar um Pause ou Stop, apenas Play.Como eu queria ter aquele controle do filme CLIK sabe? e poder avançar essa parte da minha vida. Pena que não é possível, pois Deus não nos permite nada que não podemos suportar e sei que vai demorar, mas vamos eu e meu marido, superar esse momento tão difícil, que só quem já passou, pode saber o que é. Deus, me ajuda a superar mais essa prova. Quero me levantar mais forte que nunca, e com o coração cheio de esperança, com a certeza que vamos conseguir realizar nosso sonho de ser pais.

Mas uma vez obrigada a todos pelo carinho e pelas palavras de apoio e incentivo. Pode parecer que não, mas elas nos ajudam a cada minuto e mostram mais uma vez que tem amigos tem tudo! Peço desculpas também, pois sei que meus pensamentos que geralmente já são um tanto confusos, neste momento devem estar ainda mais, só que esta é a maneira que encontrei de desabafar um pouco, por isso, não se assustem se no mesmo dia eu postar varias vezes.

Sem mais,


Roberta

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Olívia, o adeus mais doloroso da minha alma!

9 mensagens carinhosas
Não sei nem como começar este post.
A dor que sinto, remédio nenhum é capaz de curar.
Sei que estou indo contra tudo que acredito, pois deveria estar consolada e calma na presença do Senhor, mas sinceramente não consigo!
A dor de perder um filho é indescritível. Ainda mais quando ela é tão esperada e amada!

Filha, me perdoe se não fui competente o suficiente para gerar você como deveria, mas eu tentei!
Você me proporcionou as melhores 34 semanas da minha vida, e a graça de ser MÃE mesmo que seja por apenas 30 horas, mas por menor que tenha sido este tempo, fui muito feliz, não só eu, mas seu PAPAI também!
Nós te amamos e te desejamos com todas as nossas forças, e você foi a criança mais amada desse mundo, não só por nós, mas por toda seu familia e amigos que infelizmente você não pode conhecer!

Minha Amada, onde quer que você esteja, cuida da Mamãe e principalmente do seu Papai, que está muito triste! Pede para o Papai do Céu cuidar de nós aqui? Está muito difícil minha filha!


Olívia...

Antes mesmo de ter um nome
E abrir os seus olhinhos
Ou alguém ver o seu rostinho
Você estava num lugar especial,
Que Deus fez para você
Cercado de amor, de calor.

Suas mãos eram tão pequeninas,
Seus pezinhos, inseguros ainda
Mas no peito o seu coraçãozinho
Já mostrava que o milagre do nascer,
Do viver, do existir, outra vez aconteceu...

Você é o milagre da vida,
Milagre da criação
Com Deus sim você vai crescer.
Pois Ele quem te fez nascer

As crianças ocupam um lugar
Muito especial no coração do Pai,
Pois elas refletem pureza real.



Filha, se você escolheu viver com o Papai do Céu, eu serei feliz pela sua escolha. Pode demorar um pouco, mas vamos conseguir aceitar.
A única coisa que ficará para sempre é que seremos eternamente seus pais e você eternamente nossa filha amada e desejada. Nunca ninguém ocupará o seu lugar em nossos corações.


Adeus filha amada...

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Nossa princesa nasceu! e é linda demais!

2 mensagens carinhosas
Queridos,

Nossa princesa nasceu ontem dia 17 de janeiro de 2011. Ela nasceu com 45cm e 2310kg. Infelizmente fiquei com pouco liquido aminiótico e não tivemos outra saída se não realizar a cesária.
Depois do parto, não pude conhecer minha princesa, só ouvi seu chorinho lindo! Hoje as 15 horas, foi o horário de visita na UTI onde ela esta e finalmente pude ver como ela é linda e perfeita!
Por ser prematura ela esta na UTI neo natal, então, conto com a oração de vocês para que logo logo ela esteja em nossos braços, nos dando muito mais alegrias! Sei que Deus esta conosco e iremos passar por mais esta provação com a vitória!
Não nego que estou muito apreenciva e um pouco medrosa, mas sei que Deus me dará forças para suportar esse momento tão delicado.

Esta música é uma homenagem minha para nossa princesa! Ela é o milagre da vida!!!


Espero em breve vir postar com muita alegria a saída da nossa pequena do Hospital!

Um forte abraço e conto com a oração de todos!

Com carinho,

Roberta, Xuxu e Olívia

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

13 de Janeiro - Olívia tentou nascer novamente!!!

2 mensagens carinhosas
Bom pessoal, este post é só para avisar que entrei em TPP novamente e estou internada tomando medicação para tentar parar com as contrações (que dessa vez estão muito fortes) e segurar essa pessoinha que esta aqui dentro tentando sair de todas as maneiras mais cedo. Ô menininha impaciente! rs

Caso tenha alguma novidade volto para contar ok?

Só algumas curiosidades...
*Ontem era aniversário de Papai da Olívia (Xuxu) - Será que esta foi a maneira que ela encontrou para dizer:_Feliz aniversário Papai querido???
*Ontem completou exatamente 1 mês que fui internada em Trabanho de Parto Prematuro

Será que o dia 13 é tão importante assim pra nossa menina sapeca???

Aguardo resposta dos numerologistas de plantão! hehe


Um beijo grande e na medida do possível mantenho todos atualizados.


Com carinho,


Roberta =D

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Atendimento Preferencial? Será???

0 mensagens carinhosas
Bom, todo mundo esta cansado de ver aquelas fila em bancos, supermercados, lojas, etc... para atendimento preferencial a Gestantes, Idosos (com idade igual ou acima de 60 anos), portadores de deficiência e pessoas com crianças de colo.

Pesquisando para fazer minhas considerações aqui no Blog, percebi que muitas pessoas tem dúvidas sobre quem realmente tem esse direito. 
Gestantes - a partir de quantos meses?
Crianças de colo - até quantos anos?
Deficientes - quais deficiências? Síndromes também?

Pois bem, infelizmente eu não vou responder essas dúvidas, e não tenho nem competência para isso! Infelizmente, vou contar algumas situações que já aconteceram comigo durante minha vida (rs), onde não fui respeitada e pude perceber como nós Brasileiros não respeitamos o próximo e queremos nos aproveitar de tudo para nos dar bem!

Em uma certa ocasião, fui ao Habib's da Av. Nelson D'avila, em São José dos Campos e lá existem 2 estacionamentos: um em cima (na frente do estabelecimento) e um embaixo do estabelecimento onde temos que subir um pequeno, mas bem acentuado morro para chegar ao restaurante. Como eu estava com o pé engessado, meu amigo me pegou no colo e subimos o morro. Ao chegar lá em cima, tomamos uma enorme bronca do segurança que disse assim: Para que fazer isso? Vocês não viram a Vaga Preferencial? Eu respondi: Mas não sou deficiente! E ele me falou: Você não é, você está! Isto se chama deficiência temporária e você tem os mesmo direitos que os deficientes "normais".

Esta foi a única vez que isto aconteceu assim, minhas outras experiências foram péssimas!

Recentemente machuquei meu pé novamente e percebi tantos problemas que os cadeirantes passam no dia a dia e que nós não percebemos e muitas vezes não respeitamos...
Primeiro: Vagas de estacionamento. 99% das pessoas que param em vagas para deficiente, não possuem nenhum tipo de deficiência (a não ser a falta de respeito e educação - e isso não é deficiência né? vamos combinar!)
Segundo: As calçadas esburacadas e os carros que param (por 5 minnutinhos) bem em frente as partes rebaixadas para deficientes.
Terceiro: No supermercado por exemplo, é muito difícil fazer compras pois as pessoas não olham para baixo e acabam muitas vezes batendo com os carrinho nas cadeiras e outra, largam o carrinho literalmente no meio dos corredores e temos que ficar tirando os carrinhos para abrir espaço (o que é muito chato, pois não acontece só uma vez!)
Entre outras coisas que somente quem vive ou já viveu isso sabe!

Hoje, minha condição é estar Gestante e ainda assim sofro preconceitos e desrespeitos. 

Fui ao mercado Extra na Avenida Kennedy em Praia Grande no último sábado apenas para comprar 2 produtos de limpeza. Como não posso andar muito e nem depressa, fui bem devagar, peguei meus produtos e fui para a fila que tinha uma placa imensa dizendo ser PREFERENCIAL. Comecei a perceber que as pessoas que estavam na minha frente não eram nem idosos, nem gestantes, nem deficientes, nem tinham crianças no colo. Algumas pessoas me olhavam com uma cara tão feia, que parecia ser eu a pessoa errada, no lugar errado, sendo que não! Eu era a única que estava certa, no lugar certo e na hora errada, pq já fazia uns 15 minutos que estava lá em pé esperando a boa vontade e educação de alguém!
Por um momento, a barraqueira que existe em mim ( meu marido chama de barraqueira, eu prefiro dizer que luto pelos meus direitos! rs), pensou em procurar alguém para resolver meu problema, mas pro não poder andar muito, e pelo mercado estar muito cheio, pensei em minha saúde e na vida da minha filha e resolvi esperar. A moça do caixa me olhou muitas vezes e eu até cheguei a acreditar que ela me chamaria para passar na frente, mas não! A pessoa que estava na minha frente ainda teve a coragem de pedir para que eu guardasse o lugar dela que ela iria pegar um caldo de carne! E eu guardei! (ai que ódio de mim!!!)
Eu sei que quando chegou a minha vez, a única coisa que fiz foi falar para a caixa: Poxa, o atendimento preferencial aqui fica somente na placa né? E ela me respondeu: pois é! Os turistas não respeitam!
Na hora, eu respirei, aumentei meu pavio (pavio looooooongo...) e não respondi nada, mas a minha vontade era dizer assim: E vocês como estabelecimento comercial fazem o que para educar "os turistas"? Mas não falei nada! Só pensei eu juro!

Infelizmente, nós, Brasileiro, nos achamos muito espertos e queremos nos beneficiar de tudo, na maioria das  vezes passando os outros cidadãos para trás, quando poderíamos nos dar bem, fazendo com que as leis fossem cumpridas simplesmente pelo fato de conhece-las, mas é muito mais fácil aproveitar de filas preferenciais, vagas em frente a calçadas rebaixadas, ... enfim, quem sabe um dia, não nos alfabetizamos das nossas leis, passando a respeitá-las e exigir respeito e seu aplicação correta, pois só assim vamos conseguir conviver nesse país de maneira mais civilizada e respeitosa!

Para quem interessar, segue abaixo a lei 10.048/2000 que estabelece o Atendimento Preferencial:

Art. 1o As pessoas portadoras de deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, as gestantes, as lactantes e as pessoas acompanhadas por crianças de colo terão atendimento prioritário, nos termos desta Lei. (Redação dada pela Lei 10.741, de 2003)
Art. 2o As repartições públicas e empresas concessionárias de serviços públicos estão obrigadas a dispensar atendimento prioritário, por meio de serviços individualizados que assegurem tratamento diferenciado e atendimento imediato às pessoas a que se refere o art. 1o.
Parágrafo único. É assegurada, em todas as instituições financeiras, a prioridade de atendimento às pessoas mencionadas no art. 1o.
Art. 3o As empresas públicas de transporte e as concessionárias de transporte coletivo reservarão assentos, devidamente identificados, aos idosos, gestantes, lactantes, pessoas portadoras de deficiência e pessoas acompanhadas por crianças de colo.
Art. 4o Os logradouros e sanitários públicos, bem como os edifícios de uso público, terão normas de construção, para efeito de licenciamento da respectiva edificação, baixadas pela autoridade competente, destinadas a facilitar o acesso e uso desses locais pelas pessoas portadoras de deficiência.
Art. 5o Os veículos de transporte coletivo a serem produzidos após doze meses da publicação desta Lei serão planejados de forma a facilitar o acesso a seu interior das pessoas portadoras de deficiência.
§ 1o (VETADO)
§ 2o Os proprietários de veículos de transporte coletivo em utilização terão o prazo de cento e oitenta dias, a contar da regulamentação desta Lei, para proceder às adaptações necessárias ao acesso facilitado das pessoas portadoras de deficiência.
Art. 6o A infração ao disposto nesta Lei sujeitará os responsáveis:
I – no caso de servidor ou de chefia responsável pela repartição pública, às penalidades previstas na legislação específica;
II – no caso de empresas concessionárias de serviço público, a multa de R$ 500,00 (quinhentos reais) a R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), por veículos sem as condições previstas nos arts. 3o e 5o;
III – no caso das instituições financeiras, às penalidades previstas no art. 44, incisos I, II e III, da Lei 4.595, de 31 de dezembro de 1964.
Parágrafo único. As penalidades de que trata este artigo serão elevadas ao dobro, em caso de reincidência.
Art. 7o O Poder Executivo regulamentará esta Lei .razo de sessenta dias, contado de sua publicação.
Art. 8o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 8 de novembro de 2000; 179o da Independência e 112o da República.


Peço desculpas as advogados familiares, amigos e  principalmente ao meu marido caso tenho escrito muitas bobeiras! rs

Com carinho e indignação,


Roberta =D