Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

sexta-feira, 2 de março de 2012

O que vou fazer com o Kindim e a Cacau quando a Manuela nascer

Já escrevi este post algumas vezes, espero que dessa vez dê certo! Apaguei das outras vezes, pois não o escrevo com muita alegria ou mesmo satisfação, pois ouvir uma pergunta assim de pessoas que tanto prezo, me dói. Sei que grande maioria não sabe o que esta falando ou tem noção da dimensão do que é ter um cão ao seu lado, por isso, ao invés de falar tudo o que gostaria e acabar ofendendo pessoas queridas, prefiro deixar minha resposta a esta pergunta, por intermédio deste poema:

Apenas um Cão
(Sandra Dee - Homenagem ao seu cão Nino)

De vez em quando escuto alguém me dizer:
Para com isso! "É apenas um cão!"
Ou então:
Mas é muito dinheiro para se gastar com ele! "É apenas um cão!"
Essas pessoas não sabem do caminho percorrido, do tempo gasto ou dos custos que significam "apenas um cão".
Muitos dos meus melhores momentos me foram trazidos por "apenas um cão". Por muitas horas em minha vida, minha única companhia tem sido "apenas um cão", e eu não me sinto desprezado.
Muitas de minhas tristeza foram amenizadas por "apenas um cão".
E naqueles dias sombrios, o toque gentil de "apenas um cão" me deu conforto e motivo para seguir em frente.
Se você também é daqueles que pensar que ele é "apenas um cão", com certeza deve entender bem expressões como "apenas um amigo", "apenas um nascer do sol", "apenas uma promessa"...
"Apenas um cão" deu à minha vida a verdadeira essência da amizade, da confiança, da pura e irrestrita felicidade.
"Apenas um cão" faz aflorar a compaixão e a paciência que fazem de mim uma pessoa melhor. Por causa de "apenas um cão" eu me levanto cedo, faço caminhadas e olho com o mais amor para o futuro.
Porque pra mim - e para as pessoas como eu - não se trata de "apenas um cão", mas da incorporação de todos os sonhos e esperanças do futuro, das lembranças afetuosas do passado, da pura felicidade do momento presente.
"Apenas um cão" faz brotar o que há de bom em mim e dissolve meus pensamentos e as preocupações do meu dia.
Eu espero que algum dia algumas pessoas entendam que não é "apenas um cão", mas é aquilo que me torna mais humano e me permite não ser "apenas um homem".
Então, da próxima vez em que você escutar a frase "É apenas um cão", apenas sorria para essas pessoas porque elas não entendem.

Espero não precisar sorrir pra você, pois escrevi este post para todos os que pensam ser "apenas um cão" e creio que todas essas pessoas lerão isso e não me farão mais essa pergunta, mas se ainda ficou alguma dúvida sobre "o que vou fazer com o Kindim e a Cacau depois que a Manuela nascer?" eu respondo: VOU CONTINUAR AMANDO OS DOIS, COMO TENHO FEITO DURANTE ESSES 3 ANOS QUE ELES ME ENSINARAM QUE NÃO SÃO "APENAS UM CÃO" E ME FIZERAM SER UMA PESSOA MELHOR E MAIS FELIZ.

Tem como não amar?







Desculpa se você consegue, mas eu não resisto! Amooooooooo!

Ah! e se você vier me visitar, por favor, leia com atenção:


Kindim e Cacau, vocês trouxeram sentido a minha vida e a do papai. Nos tornamos pessoas melhores depois que vocês chegaram e foi com o apoio de vocês que passamos pelo momento mais difícil de nossas vidas e é com vocês que estamos vivendo esse novo momento que cremos ser muito promissor e mais feliz ainda. Saibam que quando a Manuela chegar, ela virá para nos unir ainda mais e jamais separar! Vocês foram apenas o início da nossa linda família e podem ter a certeza que começamos muito bem! Amo vocês!

Só mais uma dica? Quem ainda não assistiu vale a pena ver: "Marley e eu" e "Sempre ao seu lado".

Com carinho,

Roberta
"nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"

22 comentários:

  1. Oi Roberta...Fiquei chocada ao ler isso...como assim o povo sugerir que vc se desfaça dos cachorros depois q a Manuela nascer...Isso não tem nada a ver...Seria a mesma coisa de vc adotar uma criança e ai de repente vc engravida...e depois q a sua bb nascer vc devolve a criança adotada! Penso que seja exatamente a mesma coisa..Se eu tivesse um bb nunca iria me desfazer dos meus bb´s peludos...eles iriam ajudar a tomar conta isso sim...kkkkkkk
    Não liga não..vcs 5 serão mto felizes...bjim

    ResponderExcluir
  2. Olha fiquei chocada!
    Desfazer dos bb´s peludos seria a mesma coisa que adotar uma criança e depois que vc engravidasse vc devolveria a criança adotada, não é?
    Eu acho q os bb´s peludos são te trará ainda mais felicidade! E ainda irão ajudar a tomar conta da Manu!
    Felicidades aos 5 (CINCO!)
    bjim

    ResponderExcluir
  3. Ah que lindo Ro, é isso mesmo faça o que bem entender, não devemos mudar por causa dos outros que não estão nem ai pras nossas vidas, tenho dois dogs tbm, mais eles não vivem dentro de casa são de porte bem grande, então quem quiser aceitar aceite ;)

    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Roberta,fiquei emocionada com toda essa declaração de amor pelos seus filhos caninos,realmente não é "apenas um cão"é muitas das vezes o campanheiro nos nossos momentos de solidão,o amigo que te apoia sem questionar e que está ali contigo pro que der e vier.Parabéns a Manuela va ama-los

    ResponderExcluir
  5. Olha..... eu tenho uma filha e estou escrevendo um texto imenso sobre ela para não esquecer o quanto ela mudou a minha vida... Eu te falo com toda sinceridade Ro, muitas vezes me dói dar um certo valor em uma roupa, mas quando é relacionado a ela, faço com o maior prazer e sem pensar. Muitas pessoas não sabem de verdade o que é ter um cão. Ter um cão é ter um amigo fiel que mesmo você não estando nem aí pra ele ele sempre vai estar ali pra você, enfim, se eu for falar tudo o que penso não vou parar de escrever hoje. A minha Luna é perfeita pra mim, é minha amiga, minha companheira e minha parceira. Pra quem ama de verdade não é preciso entender por palavras, pois se você olhar no fundo dos olhos deles vai captar exatamente o que eles querem passar. BANDO DE GENTE SEM SENTIMENTOS, é assim que descrevo pessoas que fazem este tipo de pergunta. O cão depende, ama, sente dor, frio, calor, fome, sede assim como uma criança e irresponsável é aquele que pega um cão não tendo a noção da obrigação que é cuidar dele até o fim de sua vida. Você pode ter vários cães, mas nenhum vai ser igual ao outro e você vai aprender coisas diferentes com cada um deles. A minha vida também mudou depois que a comprei, comprei sim em dinheiro, mas hoje o amor que recebo vem em dobro e não se pode medir ou comparar...um abraço, seja feliz, os teus filhos de quatro patas darão muito amor a tua filhota.

    Beijos revoltadíssimos com perguntas tão idiotas de pessoas sem noção;


    Cheila

    ResponderExcluir
  6. Aiinnn que coisinhas mais lindas da vontade de pegar no colooo

    ResponderExcluir
  7. Nossa Roberta você escreveu sobre o assunto que mais amo:Cães!
    Eu tenho um Pinsher(não sei se escrevi certo)é pequeno e faz arte demais da conta mas é minha paixão.Aqui em casa ele causa muita polêmica porque moramos todos no mesmo quintal,mãe,pai,irmão sobrinhos então ele faz arte o tempo todo e causa raiva em alguns.Já tentamos doar ele mas voltou no dia seguinte porque eu chorava feito criança de saudade...
    Pra mim não importa o quanto ele seja arteiro,eu gosto dele assim como é,não troco ele por dinheiro algum,é meu companheirinho e me ama como sou,porque não posso aceita-lo como é não é mesmo?
    Já me perguntaram o que faria com ele depois que o bebe chegasse e eu disse que não faria nada,pois ele não é qualquer coisa pra se desfazer assim,ele tem sentimentos.E pra completar meu anjinho se foi e quem me fez passar por momentos felizes com a ausência dela?Ele,meu Pitoquinho.....e já avisei a ele que logo vem mais uma criancinha nova pra bagunçar com ele!Tem quem diga que vou esquecer dele quando o meu bebe chegar,mas acho bem difícil isso acontecer,sei separar muito bem as coisas,vamos ter que dividir as atenções mas nunca esquecer.....

    Bejinhos flor
    Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  8. aiiii que lindos..e como o kindim tem cara de arteiro hem!?dá vôntade de apertar...mas infelizmente muita gente pensa assim mesmo que é só um cão não é a tóa que muitos estão abandonados pelas ruas,realmente essas pessoas não sabem o que falam e me doi como elas tem facilidade de se desfazer de um bichinho tão indefeso até por uma viagem.
    acho lindo seu amor por eles,mostra o quanto vc é especial...bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá....
    Realmente não tem como não amar, são criaturinhas que nos alegram sempre, mesmo com tanto trabalho que nos dá.
    Eu realmente não poderia, não queria, e não me desfaria de um bichinho, pela chegada de um bebê...É só manter a calma, o lugar limpo,e criar uma rotina.Na minha opinião seria injusto com eles, já que são considerados como da família.
    Caso tome uma decisão dessas, Manuela com certeza irá agradecer....

    ResponderExcluir
  10. Que lindo Roberta...
    Eu tenho a Wendy...
    Minha cachorrinha amada, ela me faz comapania, me acalma me diverte... Amo demais!!!
    Ela passou por uma crise forte de ciumes no inicio da gravidez, mas agora está se acostumando com a idéia já rsrs Quero muito que eles se deem bem...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Muito lindo os seus cachorrinhos. Eu não tenho nenhum, mas na casa de minha mãe tinha e era aquela alegria. Pessoas q dizem que é apenas um cão, é pq está precisando ter um, pra se sentir feliz.
    Tenho certeza q a Manu brincará muito com ele.

    ResponderExcluir
  12. Amei seu post Roberta!E concordo com tudo!
    Eles também são nossos filhos e merecem todo o nosso amor , respeito e consideração.Os meus são minha alegria.Até deixo d sair por causa deles.
    O Kindim e a Cacau são lindossss.Muito fofos.
    Eu adorei aquele recadinho pra quem vai na casa onde entre os moradores existe um cãozinho.Vou copiar...rs

    ResponderExcluir
  13. robs robsss ... adoreiiii isso mesmoo!!! NUNCA, JAMAIIIISS SERAO 'APENAS UM CÃO' ... pq mesmo que, SE, vc seguisse esse conselho horrivel, vc sabe q eu nao ia deixarr ... IA ROLAR UM FIGHT COMIGO HAHAHAHAHA ... enfim achei LINDO o texto!! perfeito! e adorei o se vc for na minha casa ... vou postar no face ahahahahha...
    beeeeeeeeeiiijooo ... e beiiijoooo MANUUU SUA LINDAAA!

    ResponderExcluir
  14. Já ouvi a mesma pergunta diversas vezes. E nem me dou ao trabalho de responder. Desafios vão existir, pq eles existem sempre e em tudo. Mas meu cachorro e meu gato são da família, e não "apenas um cão/gato". Se alguma coisa precisar mudar, adaptamos. Mas eles são parte da família e PRONTO!

    Beijos em vcs!

    ResponderExcluir
  15. Sabe Ro, uma vez fiz um post sobre meu cachorro q gerou TANTA polemica, q eu preferi apagar e me calar. Mas a verdade seja dita, minha realação com meu cachorro após o nascimento da Anna mudou MUITO. Mudou pq a paciencia com ele foi embora e até hj nao voltou! Pq criança com cachorro NA MINHA OPINIAO, ok, nem sempre combinam!
    Mas ha largas diferenças. Meu cachorro é um boxer, enoooorme, entao realmente com um bebe ficou dificil, mas mesmo assim eu nunca me desfiz dele, obviamente! Hj a relação deles é boa. Mas a Anna bate nele e eu morro de medo então acabo não deixando nunca os dois interagirem.
    Mas isso é a minha opinião, a minha experiencia ne! Cada caso é um, e eu sempre vejo o amor e o carinho q vc tem com seus cãezinhos q são LINDOS, entao acho q será bem diferente do q a minha experiencia.
    Eu nunca curti 100% cachorro, nunca fui de fazer carinho nada disso, entao , obvio q depois do nascimento da Anna as coisas piorariam, CLARO. Mas seu caso é diferente!!!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Roberta,

    é com lágrimas nos olhos que estou escrevendo agora, pois tb tenho uma cadelinha, a Boneca, que eu AMO MUITO.
    Quando minha filha Lívia nasceu, a Boneca ficou um pouco enciumada, não que ela demonstrasse isso agressivamente, mas ficou com otite diversas vezes e ficou mais tristinha... É isso aí continue amando seus filhos cachorros como sempre! bjos Aline

    ResponderExcluir
  17. Só quem tem ou já teve um bichinho desses é que pode entender com clareza o que você quiz passar com este post.
    Eles são amigos e companheiros pra toda hora.

    Bjus
    Edi

    ResponderExcluir
  18. Tb amo cães, minhas 2 meninas, quem não gosta que não venha em casa! Uma tem medo do Antonio, se ele vai perto ela rosna e sai correndpo pra se esconder, a outra deixa ele subir nela, puxar rabo, orelhas, não tá nem ai, e só lambe ele! hahaha Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. esse povo não sabe o q eh ter um cão...

    ResponderExcluir
  20. Adorei! Esse texto é mesmo lindo e expressa td o q uma pessoa q tem um cão e o ama pensa!
    Também tenho um cachorro, um pit bull de 11 meses, estou grávida e nunca me desfaria do meu filhote de 4 patas por esse e nem por motivo nenhum no mundo. Ele é super levado e arteiro, mas também me ama incondicionalmente e tenho certeza de q amará meu filho também! É claro q devemos ter guarda responsável e estar sempre por perto quando cão e bb estiverem juntos, afinal nenhum dos dois tem noção exata do q faz, portanto temos q vigiá-los. O convívio deve ser pacífico, o cão faz parte da família!

    ResponderExcluir
  21. Amei! Tb penso da mesma maneira...não me desfaço do meu bebê de jeito nenhum...amo meu gatinho muito mais do que amo algumas pessoas...que seus filhos continuem te trazendo muitas alegrias! beijos

    ResponderExcluir
  22. Linda declaração de amor para os seus filhinhos de rabo!!! É lamentável que algumas pessoas os encherguem "apenas como cães"... Bjs!!!

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)