Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Dá para me respeitar? Obrigada!

Hoje só vim desabafar. Preciso fazer isso pois tenho que ficar tranquila e calma para esperar a minha Princesa, presente de Deus, Manuela.

Eu juro que não consigo entender porque algumas, ou melhor, a maioria das pessoas não conseguem RESPEITAR a opinião/decisão das pessoas. Sério! Qual o problema??? Porque é tão difícil aceitar que o outro pense diferente de você? Porque criticar e na maioria das vezes magoar as pessoas que vocês diz amar, pelo simples fato de não fazer como você faria ou não pensa como você?
Sério, estou escrevendo este post muito magoada. As pessoas que mais poderiam me apoiar neste momento, parece que não se importam com o que penso ou sinto. Ficam o tempo todo falando e emitindo suas opiniões sem se preocupar com as minhas e vamos combinar NO "CASO MANUELA" EU SOU A PESSOA MAIS INTERESSADA! 
Sei que todos sofreram com a perda da Olívia, mas ninguém sofreu como eu. Sei que todos esperam ansiosamente pela chegada da Manuela, mas ninguém espera tanto como eu. Perder um neto, um sobrinho, um pai, uma mãe, um afilhado, um primo, um amigo,... NADA SE COMPARA COM A PERDA DE UM FILHO e se você não passou por isso, não sabe do que estou falando. Em uma escala de 1 a 10, eu sou a número 1 na espera da Manuela, o Xuxu o número 2 e do 3 em diante estão todas as outras pessoas. Não estou desmerecendo ninguém, mas só quero deixar claro que ninguém neste muito quer mais a Manuela do que eu. Nenhuma outra pessoa esta mais comprometida do que eu. Ela esta crescendo dentro do meu ventre. Se alimentando do meu alimento. Se movimento ao ouvir o som da minha voz dizendo bom dia. Depois de mim, só meu marido e dele não posso falar um A. Ele esta ao meu lado o tempo todo, me apoiando em todas as minhas decisões e quando discorda de algo, sabe exatamente como se expor e me respeita acima de tudo.

Sei que todos tem uma opinião, uma vivência. Cada um tem/teve uma experiência e respeito todas, acho super válidas, porém, não é porque seu filho dorme a noite toda, que a minha vai dormir. Não é porque seu leite demorou a descer ou você tirou a amamentação de letra que será assim comigo e NÃO É PORQUE VOCÊ NÃO CONSEGUIU UM PARTO NORMAL OU ACHA A COISA MAIS NATURAL E SIMPLES FAZER UMA CESÁREA QUE EU TENHO QUE PENSAR ASSIM! Meu Deus! Eu passei por uma cesárea a 1 ano e 4 meses e sei exatamente o que senti. Sei as dores que vivi por um longo tempo (+ ou - 6 meses), as fisgadas que sentia do nada e todos os desconfortos que a cesárea me trouxe (opa! percebeu a diferença??? Estou falando sobre a minha experiência, ninguém me contou, eu vivi!)
Tudo bem, esse negócio de Parto Normal e Cesárea já deu tudo o que tinha pra dar aqui, mas eu não consigo entender qual o problema das pessoas em aceitar a MINHA DECISÃO!
Eu sou uma mala e não suporto quando alguém me fala que não sou capaz de fazer algo. Isso me sobe o sangue e ai que fico querendo fazer só para mostrar que "Sim! Sou mais capaz do que você pode imaginar!" Porém, agora é tudo diferente e não depende da minha vontade e sim de todo um conjunto e da Manuela. Saber que não posso decidir e fazer sozinha me agonia ainda mais. Junta tudo. A ansiedade pela sua chegada + o medo de dar alguma coisa errada + a vontade de esfregar na cara das pessoas que EU CONSEGUI! Diferente do que elas falaram o tempo todo. E o que mais me deixa chateada é o fato de ter estas pessoas tão próximas a ponto de ouvir que me amam, MAS QUE AMOR É ESSE ONDE NÃO CABE O RESPEITO? Já que não sabe respeitar, pelo simples fato de querer o mesmo dos outros (sim! todos querem ser respeitados!), respeite por amar, simples assim!

Conversei com o Xuxu sobre isso e chegamos a uma conclusão:
Vou concordar com tudo o que disserem para não me estressar e assim, ter um pouco mais de paz e tranquilidade para esperar a nossa Princesa e depois que ela nascer, faremos o mesmo. Concordaremos com tudo para não que eu não tenha problemas com o aleitamento ou outros males que o "estresse" possa causar, principalmente nos primeiros dias em que estivermos nos adaptando a Manuela e ela a nós. Já que é tão difícil conseguir respeito, vamos fazer assim e quem saber viver com mais harmonia.

Só para lembrar: O fato de querer um PN não significa que ele acontecerá. Lembro que tenho uma cesárea anterior e recente, posso não ter a tranquilidade ou mesmo o preparo emocional necessário para conseguir realizar a minha vontade que é ter minha filha de PN, mas caso eu não consiga, quero ter em minha mente que tentei e que a decisão de fazer uma cesárea foi MINHA e não dos outros, já que o corte será feito no meu corpo e caso exista algum problema pós-cirúrgico, as consequências serão MINHAS e não dos palpiteiros de plantão!

É isso. A Manuela continua aqui dentro, eu continuo fazendo caminhadas, exercícios com a bola e agachamentos. Minha parte esta sendo feita e o resto esta nas mãos de Deus. Ele me dará a sabedoria e serenidade necessária para saber o que fazer e como reagir a cada momento, principalmente durante o trabalho de parto. A cada instante estamos mais próximos de conhecer nossa Princesa e seja como for, será lindo e inesquecível, debaixo das bençãos e mãos de Deus.

Com carinho,

Roberta
"nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"

18 comentários:

  1. Oi Roberta acho que quem tem que decidir o tipo de parto somos nós que carregamos nosso filho. Sei como que, é muita gente querendo dar opiniões as vezes pessoas bem próximas,eu ja escolhi o tipo de parto que quero pra mim, sei que muitas pessoas vão me criticar e não vão apoiar minha decisão, mas isso sou eu que vou decidir, vc esta certissima fazendo tudo diretinho e vai dar tudo certo do jeito que voce quer, a Manu virá linda e com muita saúde.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. eita roberta que chato isso hem!o tanto que voce já falou,já pediu respeito e as pessoas ainda não entenderam!?^pena que os mais proximos são os que mais dão esses tipos de palpites a começar por nossas mães,não sei se é esse o caso,mas digo por experiencia propria,quando a Manuela chegar você vai ver que todos vão querer dar palpites também, quanto ao banho,mamamentação,roupas,se ta frio se ta calor,se chora se não chora,se tem colica e tudo mais,é muito chato e infelizmente sempre acontece,bjs e tenta descansar,não dê ouvidos eu também fazia assim,deixava falar e concordava,porque no final só nos mesmas que vamos estar la na hora e depois também só nos vamos conhecer e entender o que significa cada choro.

    ResponderExcluir
  3. Nossa Roberta vc falando (escrevendo) consegui sentir a raiva que vc deve passar as vezes, fico indignada com isso!!!! PQP vc que tá grávida, ela é sua filha, e mesmo que vc não tivesse perdido a Olívia, não importa qual seja a circunstância, odeio pessoas que não respeitam decisões! Quanto a gestação e maternidade as decisões cabem a mãe, a gestante, o pai opina e apóia, o resto só tem que dar força, respeitar decisões e não se meter!!! Aaiiiiiii Faça isso mesmo, faço isso até hj, concorde com tudo, se falarem que cesárea émelhor, fale que sim, que vc vai pensar no caso e mude de assunto! Boa sorte nesses últimos dias! Estou aqui na torcida e ansiosa pela chegada da Manuela, se não der para fazer PN, na hora tiver que ser cesárea relaxe, este vai ser seu parto normal, será cesária pq precisou e não desnecessária como a minha, será a forma de trazer sua princesa aos seus braços. Acho que seu sofrimento com a cesárea anterior ter sido longo não foi somente pela cesária e sim o sofrimento de seu coração que prolongou tudo, se tiver que fazer uma agora, pode ter certeza que com ela nos seus braços sua recuperação será muito rápida como foi a minha! Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Lindona... você sabe o que eu penso sobre isso e essa decisão sobre como a Manuela virá já foi colocada em vários posts anteriores e realmente já deu o que tinha que dar. Você não era pra estar se estressando com esse povo que não entende nada e ainda por cima quer opinar em uma coisa que não cabe. Peço a Deus que tudo corra bem e vai correr... no mais, continue sim com seus exercícios, continue em contato direto com o pai... quando chegar a hora, você vai ver, irá muito mais além do que pode imaginar. Fique calma... tudo vai dar certo e eu ficarei aqui orando, pedindo a ele pra o seu desejo de ter a tua filhota por parto normal aconteça, afinal, parto normal já diz tudo né? Adoro você... esquenta mais sua cabeça não, foca no que vale a pena... A sua princesa!

    Cheila

    ResponderExcluir
  5. Roberta querida, entendo sua situação e concordo com tudo que você disse. Mas não fique mal por causa de ninguem flor, você está na reta final, pela graça de Deus e ficar gastando energia com o que os outros pensam não vale a pena, concentre-se na chegada da florzinha, só nisto, deus já preparou tudo pra vocês, tudo, tudo dará certo, esta semana estarei aqui na oração para que dê tudo certo e que seja tudo tranquilo pra vocês, não vejo a hora de ver a carinha dela aqui no blog. Grande abraço, que Deus te cubra com o seu manto!!!!

    ResponderExcluir
  6. Roberta Querida!!!
    Você têm todo o direito de escolher por que tipo de parto quer passar! Na verdade vc é a unica pessoa que pode decidir isso, pois quem irá passar é você!
    Tenho a certeza que vc está fazendo de tudo para a Manuela nascer da melhor forma possível!
    Siga mesmo o que seu marido falou... Não dê muita bola para o que os outros falam... Curta o seu finalzinho de gestação em calma e em paz!
    Tudo vai dar certo amiga... E logo logo a princesa Manuela estará linda e forte nos seus braços!
    Muits beijos, Rê

    ResponderExcluir
  7. TENTA RELAXAR...NÃO É HR DE SE PREOCUPAR...

    SE CONCENTRE NESSE MOMENTO ABENÇOADO,VAI DAR TUDO CERTO EM NOME DE JESUS.

    BJÃO

    ResponderExcluir
  8. Roberta infelizmente esses palpiteiros de plantão vão apareçer de monte e depois que a Manuela nascer a tendência é piorar um pouco. Sabe eu passei por isso, mas no meu caso foi ao contrário porque eu não pude ter parto normal e aí foi aquela cobrança toda, mas sabe eu nem ligava eu respondia com delicadeza que eu, meu esposo e meu médico é que sabíamos o que era melhor. Não se estresse, não vale a pena, curta esses ultimos dias porque depois dá uma saudadona dessa fase maravilhosa das nossas vidas. Eu não posso ver uma barrigudinha que sofro por saber que eu não vou mais passar mais por isso, afinal já temos as nossas 2 meninas de olhinhos puchados rs...
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. É infelizmente respeitar a opinião dos outros não é tarefa fácil pra muita gente, e nós gestantes temos que ter uma paciência de Jó e ainda correr o risco ser chamada de chata ou enjoada, mas...é a vida, e vc e seu esposo estão certos, não questionem nada pq só vai fazer mal á vc, deixa dizer o que quizer e ignorem meeesmo.

    Quanto ao parto, fica na paz, a sua parte vc já está fazendo o resto é com Deus, e Ele fará o que for melhor pra você e pra sua bebê.

    Bjussss

    ResponderExcluir
  10. Oi linda!

    É isso aí, vc e o Xuxu chegaram em um ótimo consenso, "Deixem q digam, q pensem, q falem, Deixa isso pra lá vem pra cá o q é q tem.....", pois os outros adoram dar opiniões no lugar e na hora errada, pois vc já pediu a opinião de tds sobre parto, e agora cabe somente á vc tirar suas próprias conclusões,
    pois o melhor pra vc quem sabe é deus, e como sua vida está nas mãos dele, ele fará o melhor!

    Fica tranquila q vai dar td certo.

    Um big bjo e fiquem com Deus

    ResponderExcluir
  11. oi Rô...

    É complicado... Tem gente que confunde palpite com ORDEM. E aí junto o amor e acyham q se vc não vai pelo caminho que te indicam, vc está correndo riscos desnecessários. Eu já adotei há muito tempo a prática do filtrar o que me dizem. Não discuto o que não está aberto a discussão! Da minha vida sei eu, do meu corpo sei eu e ninguém paga as minhas contas. Eu entendo que vc está chateada e é com razão, mas tente não se abalar. Vc vai fazer o que estiver ao seu alcance e o que tiver que ser, será.

    Um beijão em vcs!

    ResponderExcluir
  12. Rô amiga...
    Tudo dara certo, tudo acontecera da melhor maneira possivel... EU ACREDITO...
    Força lindona, ta chegando o grande momento, e eu estou ansiosa para conhecer a Princesinha Manu...
    Beijo ♥

    ResponderExcluir
  13. Querida vai se preparando pq depois que o bebê chega escutamos cada coisa...Eh pitaco de todos os lados...O segredo é ouvir, concordar e descartar...Precisamos ter muita sabedoria nessas horas ou ficamos loucos de vez...Estou falando por experiência propria, tenho 2 filhos, o segundo foi mais tranquilo, más o primeiro foi só por Deus mesmo viu. bjs e fique tranquila vai dá tudo certo.

    ResponderExcluir
  14. Oi Roberta,

    sempre venho aqui saber notícias suas e me solidarizo com cada palavra e cada sentimento seu. É realmente muito difícil para as pessoas que não passaram por situações dolorosas de perda entenderem o que significa um outro filho para nós...eu sei...eu tbe perdi um filho e mesmo que a sua realidade agora seja a Manuela a Olívia e todas as suas vivências anteriores existem e fazem parte da sua história, daí a sua ansiedade e necessidade de tomar decisões sozinha (seu marido neste momento é coadjuvante).

    O que eu faço...peço ao meu querido filho, que olha por nós lá de cima que intervenha por mim, sua mãe, a pessoa que mais o ama, que nunca se esquecerá dele - porque ele é a pessoa que ama a irmãzinha que está aqui comigo e que mais quer o melhor para mim - sua mãe.

    Peça a Olívia para olhar por você e pela Manuela - ela é um pedacinho de você no espaço mais privilegiado que existe - o céu...com certeza ela vai fazer a diferença nas suas orações e vai apaziguar seu coração. A Manuela é um bebê privilegiado...já tem uma irmãzinha junto a Deus para olhar e zelar por ela hoje e sempre.

    com todo o meu carinho e solidariedade

    abraço

    ResponderExcluir
  15. Oiii...vc esta certinha,tome a decisão que vc achar melhor, com o aval da sua médica e o apoio de seu marido, pq o resto é resto...
    As pessoas pensam estar nos ajudando dando suas opiniões e acabam nos magoando, eu também me sinto assim quando escuto algumas coisas...por isso quando eu engravidar de novo vou fazer exatamente como vc...ouvir tudo e só assimilar o que for positivo...
    Bom final de gestação para vc e um bom, bom não um ótimo parto...
    Bjssss...
    Maria...

    ResponderExcluir
  16. Oi amiga, acho que me vejo no seu post.
    Realmente, respeitar a opinião dos outros está sendo uma tarefa cada vez mais dificl para as pessoas. Fico me perguntando onde está nossa liberdade? onde fica as nossas escolhas?
    É uma situação realmente chata e irritante. O que podemos fazer? Brigar até a ultima gota por nossa opinião ou calar?
    Para não se estressar ainda mais, é melhor calar, e como vc bem disse concordar com eles.

    Continua pedindo paciÊncia e sabedoria a Deus. E tudo acontecerá na hora, no tempo e no jeito que Deus planejou.
    um forte abraço
    Rafa

    ResponderExcluir
  17. Roberta, não deixe que as opiniões de outras pessoas te estressem. Faça isso mesmo, apenas ouça e não dê importância, não discuta, não crei polêmica. É a melhor coisa para vc e a Manu. Desejo um bom parto! Bjos, Lu.

    ResponderExcluir
  18. As pessoas podem até dar opiniões mas a decisão quem toma é você,como vc disse cada um tem sua vida,sua experiência e sabe onde o calo aperta.
    Só sei que independente de como será o seu parto,Deus estará na frente e é isso o que importa!
    Que as mãos do Senhor estejam estendidas sobre vc e sua filha,que vc tenha um parto feliz,seja normal ou cesária,que seja uma boa hora.

    Deus abençoe vcs,fique em paz!
    Bejinhos...

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)