Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

quinta-feira, 5 de julho de 2012

País do futebol ou da intolerância/ignorância???


Eu amo ESPORTE e AMO futebol, vou assistir as olimpíadas e tenho certeza de que todos os Brasileiros farão o mesmo não é??? Infelizmente NÃO! Vivemos em um país que ama apenas um esporte, o futebol! Triste, mas verdadeiro! 

É o seguinte:
sou SÃO PAULINA desde sempre. Me lembro de quando era adolescente e o São Paulo jogava, colocava TODOS os Pôsters do Tricolor no chão da sala, minhas pulserinhas, camisetas (uma no corpo e outra nas mãos) o terço em cima da televisão, entre outras coisas, só que em uma final de libertadores - 1994, o São Paulo perdeu nos pênaltis para o Olimpia, gol perdido pelo jogador Palhinha e eu quase infartei. Chorei, chorei e chorei. No auge da minha fúria peguei todos os meus pôsters e rasguei, joguei minhas pulseirinhas na privada e dei descarga (sim! entupiu tudo!), deixei de usar as camisetas por um bom tempo e para completar minha enorme decepção fiquei doente e com febre dois dias! Muito drama? Pois é, também achei! E foi ai que tive meu primeiro momento de lucidez e vi que o fato de ter rasgado os pôsters (que gastei um dinheirão para comprar, eram uns 10 pelo menos!), jogado minhas pulseirinhas na privada (dei trabalho pra minha mãe) e ter ficado dois dias doente e com febre, sem sair de casa pra nada (mais uma vez trabalho pra minha mãe!), minha vida não havia ficado nem melhor e nem pior. NADA havia mudado e todas as brigas que tive na escola com meus amigos por causa do São Paulo, todas as vezes que me irritei quando alguém falou mal do "meu" time e deixei a raiva me dominar, PERDI MEU TEMPO e nada mais! Depois disso, continuo torcendo para o São Paulo, vou ao estádio, mas não sou mais como um "cavalo com cabresto" que só sabe olhar para uma única direção!

Nutrimos um "amor" tão grande pelo nosso time que muitas vezes somos capazes de MATAR ou MORRER por ele, sendo que para ele (nosso time) somos somente um número, que nem nome possui, pois a maioria dos torcedores não são afiliados e por isso, o clube pelo qual ele mata ou morre, não sabe nem da sua existência e quando assistimos nos noticiários que aconteceu uma briga de torcidas e até mortes aconteceram e porque? pra que? Realmente é necessário tirar a vida de uma pessoa só porque ela não acha que deve torcer para o seu time? E o RESPEITO ao próximo onde fica?

Só porque o time perdeu, muitas pessoas se acham do direito de sair pelas ruas quebrando e depredando tudo o que vê pela frente e que não tem NADA haver com isso! Parece que sair quebrando, matando, ofendendo ou brigando vai mudar o resultado do jogo, ou quem sabe melhorar sua vida!

Acho engraçado, principalmente no Facebook (que é a rede social do momento) a incoerência de muitas pessoas que postam frases prontas de "amor ao próximo", de "respeite para ser respeitado", de "cuida da sua vida e deixe a minha em paz", " odeio preconceito" e blá blá blá... todo mundo santo e puro, mas na linha do tempo dessas mesmas pessoas, podemos encontrar as mesmas frase prontas chamando São Paulinos de "Bambi" e fazendo piadas com isso, sendo que na verdade estão chamando os São Paulinos de Homosessuais e na verdade, desrespeitando a quem não tem a mesma opção sexual que você e de uma certa forma, ofendendo, pois no meio de uma discussão se você quer ofender alguém, não vai usar termos como "você é lindo" ou "eu te amo" para demostrar sua raiva.

Hoje no face, a cada um elogio ao time vencedor da libertadores, o Corinthians, haviam uns 5 ou 6 fazendo piadas com as pessoas que torciam contra. Quanta energia gasta a toa! Quanta criatividade desperdiçada. Quanto tempo gasto meu Deus! Até eu perdi meu tempo precioso escrevendo este post, sendo que poderia fazer várias outras coisas muito mais edificantes, só que não consegui ficar calada mais uma vez, só que diante a tanta criatividade, vigor, energia e tempo disponível das pessoas me pergunto, porque não somos assim para escolher nossos candidatos? Porque não dispomos dessa energia para estudar o plano de governo daqueles que se oferecem para cuidar do nosso futuro? Será que agora que o Corinthians ganhou a libertadores estaremos livres dos hospitais sem medicamentos? livres de médicos despreparados que cortam a perna direita ou invés de fazer uma cirurgia de apêndice? Livres das escolas sem merenda ou material didáticos? Livres da corrupção e dos dólares nas cuecas? Livres de tanta desigualdade social em um dos países com mais recursos do mundo? Livres dos impostos absurdos? NÃO! Depois do país todo ter parado ontem para torcer contra ou a favor dos times que disputavam o título da Copa Libertadores de Futebol, nada mudou na vida da maioria das pessoas (fora a dor de cabeça, ressaca,....). O que realmente mudou na sua vida desde ontem? 

Por nossa causa, um jogador de futebol ganha 1 milhão de reais por mês e na hora de cobrar um escanteio ou ficar na cara do gol, simplesmente chuta pra fora ou erra o passe. Por nossa culpa, trabalhamos o mês inteiro, das 8h as 18h, pegamos um ônibus lotado na ida e na volta do trabalho, sem um mínimo de segurança ou conforto, para no fim do mês receber o que, um salário mínimo? Uns R$ 1000,00?? ou quem sabe até R$ 5000,00. Só que para isso, ralamos o dia todo, estudamos, nos especializamos, fazemos faculdade... e por mais que nos esforcemos JAMAIS ganharemos UM MILHÃO de reais por mês! Uma pequena minoria de aproximadamente 1% da população talvez ganhe, mas os outros 99%, jamais saberão o que isso significa, nem se juntar todo dinheiro que receber durante toda vida! Agora se eles tem esse salário por nossa "causa", o que temos em troca? Ah! Sim! Eles fazem isso por amor! Será mesmo Ronaldinho Gaúcho? Será mesmo que uns 4 meses de salário atrasado pode trazer tantos transtornos assim??? E um mês sem o nosso salário? Faz falta? Uma vez li que um jogador disse para um "fã": O que gasto com meu cachorro de ração é mais do que seu salário por mês!" Depois ele se desculpou, mas ele mentiu???

Até quando seremos ignorantes com Curso Superior? Acorda meu Brasil! Acorda País sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014! Acorda meu Povo! Vamos nos unir, assim como fizemos nesta quarta (unidos para torcer contra ou a favor, mas unidos) e vamos mudar o futuro do nosso país! Vamos fazer alguma coisa que realmente valha a pena para nós e nosso filhos!

Ai gente, desculpe se alguém ficou ofendido com algo que escrevi, não era minha intenção. Amo meu amigos, sejam corinthianos, palmeirenses, são paulinos, santistas,... amo cada um, não pelo time que torcem, por suas opções sexuais ou ritmo musical, mas amo pelo que significam em minha história de vida, pois isso sim, pode mudar tudo!

Com carinho,

Roberta
"nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"  

4 comentários:

  1. Supimpa, nem preciso mais soltar esporro na minha timeline depois disso, é só eu compartilhar esse texto! Muito bom, é o tipo de tempo que vale a pena vc perde.... e eu lembro das pulseirinhas, ahsuahushuashuash Bjooooos

    ResponderExcluir
  2. oi Ro que saudade, agora sem tempo, mais passando pra saber as novas.
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, Roberta. Acho que todo fanatismo é idiotice!
    Quando somos adolescentes, tudo é mais intenso e temos muita paixão no que acreditamos... mas chega uma hora em que vc cresce e tem que mudar alguns conceitos.
    Mas, infelizmente, ainda nos deparamos com muitos ignorantes... Pena.

    Beijos.

    Mãe da Mel.

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)