Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

A primeira bronca Mamãe nunca esquece!

Muitos vão achar que estou fazendo maior "negro drama" ao ler isto, mas me senti pior que o cocô do cavalo do bandido ontem!

História 1 - 
A Manuela agora deu pra ficar apertando o bico do meu seio com as gengivas e dói pra caramba! Daí que ontem, ela fez isso várias vezes na mesma mamada até que chegou um momento que eu surtei (sem gritar) e disse: "Manuela, não pode fazer isso e agora você perdeu o direito de mamar!" (baixou a louca Professora Roberta! kkkk), me recompus, peguei ela e coloquei em pé no colo, olhei bem nos seus olhos e falei: "Filha, não pode fazer isso, a mamãe também tem coração e sente dor!" (a louca de novo!) Gente, juro que não gritei, não falei alto e nem brava, mas acho que minha expressão foi muito feia, pois ela ficou me olhando (com aqueles olhos grandes e brilhantes!!! (agora baixou a mãe coruja arrependida!) hehe) e assim que terminei de falar ela fez o beicinho mais lindo do mundo e começou a chorar! Pessoas! A Manuela praticamente NÃO CHORA NUNCA! e dessa vez chorou sentida! Com uma ou duas lagriminhas e tudo! Nem preciso falar que na hora meu coração ficou todo moído e enquanto ela chorava, além de moído, ele era esmagado de tanto arrependimento! Juro! Não fiz de propósito! Nunca pensei que ela fosse entender. Subestimei minha Princesa! Ela pode não ter entendido o motivo, mas ela soube muito bem que eu não estava feliz e que era com ela! =(

História 2 - 
Como se não bastasse tudo isso, fomos á casa de uns amigos e na hora de ir embora, coloquei ela dormindo no bebê conforto sem o cinto (já dentro do carro) como faço fazia antes e fui ajudar o Xuxu com o carrinho. Trocamos duas ou três palavras para me despedir e ouvi minha filha chorando desesperada no carro e corri pra ver o que era (pensei que havia acordado) e quando abri a porta quase infartei! Ela estava "caída" com a cabeça quase pra fora do bebê conforto tadinha! Na hora me senti pior do que o coco do cavalo do bandido que foi pego pela polícia fazendo xixi no lugar errado! 
Depois de acalmar a Manuela, respirei fundo e fiz o correto: coloquei-a no bebê conforto e desta vez com o cinto! Ela estava com tanto sono que passou uns 5 segundos e já dormiu novamente!

Moral da história 1 - NUNCA subestime a capacidade de entendimento do seu filho! Ele te conhece muitas vezes, melhor do que você, pois viveu 9 meses ouvindo e sentindo seu coração, sentimentos e pensamentos! Por mais que ele não compreenda os motivos, ele sente tudo o que você transmite, seja amor ou ódio, tranquilidade ou agitação, medo ou segurança,... enfim, por mais que tentamos, não conseguimos esconder de nossas crianças todo e qualquer sentimento! (eu sempre disse isso para minhas educadoras e no momento de utilizar com minha filha, sou só uma mãe burra e tonta! ai que raiva de mim!)

Moral da história 2 -  NUNCA deixe seu bebê sem supervisão de um adulto e sem o cinto do carro no bebê conforto ou cadeirinha, mesmo que ele esteja dormindo e com o carro parado! Lógico que com o veículo em movimento isto é inadmissível! Outra coisa, o que seu bebê de meses fazia ontem, hoje já faz com muito mais habilidade. Seu desenvolvimento é constante e diário. Cada flash é uma coisa nova! Não pisque! Ele cresceu e se desenvolveu naquela piscadinha! (olha o drama de novo, mas eh verdade gente! Anteontem eu descobri que estava grávida, ontem ela nasceu e hoje já esta com 4 meses!)

Filhoquita, perdão se a mamãe as vezes não te cuida como deveria. Tudo aqui também é novidade e as vezes, penso que estou fazendo o certo e não estou! Sei que posso ser melhor e vou me esforçar para fazer o meu melhor a cada instante, porque dia com você não rola né? Preciso ser a melhor mãe que você pode ter todos os instantes que estou junto á você, ou seja, pelo resto de minha vida, afinal, você esta dentro do meu coração e isso será eterno! Te amo filho, as vezes de uma forma um pouco torta, mas te amo demais!

com carinho, drama e muito amor,

Roberta
"nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"

8 comentários:

  1. ai amigaaaa, me fez chorar... as vezes sinto q nao sou uma boa mae...
    Tenho certeza q a Manu já te desculpou, afinal a esta altura ela já lhe deve ter dado belos sorrisos...
    bjinhos nossos pra vc
    e fica assim nao...

    ResponderExcluir
  2. Ai Rô.... Fica assim não! Ainda virão muitas broncas! :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Amiga, eu sei que dói, mas é assim mesmo... qtas vezes eu já chorei depois por ter que falar mais sério com ele... mas eles são muito espertos e precisam de orientação sempre.. e infelizmente (ou felizmente) essa é nossa função: corrigir enquanto eles podem aprender...
    Fica tranquila que a Manu te ama de qualquer forma!! Deus vai te dar sabedoria!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  4. Amiga se isso te faz sentir melhor é: toda mãe passa por isso, ah as broncas depois vc se acostuma, ah e tb depois de umas, algumas broncas vc começa a gritar e se descabelar tb, ah sempre bate o arrependimento tb! hahaha bjinhos

    ResponderExcluir
  5. Ainnnn imaginei a cena aqui ela de biquinho com lagrimas nos olhos...e vc depois toda arrependida.....rs

    Mas tá tudo certo...ela ja te desculpou....rs pela bronquinha e o tombinho do bebe conforto...rs
    Faz parte amiga....faz parte!

    Bezu em vc e na Manu

    ResponderExcluir
  6. Qual mamãe nunca deu uma dessas né ???!
    Eu quase afoguei a Julia dando banho quando ela era RN, estava lavando as costinhas, escutei um barulhinho e era ela com a carinha na aguá !
    #PASMEM !!!!!

    Agora que ta 1 ano, quando dou bronca ela vem e da um beijo, pisca pra mim.....e eu tento ficar seria e não derreter pra não deixar ela sem vergonha !!!!

    bjusss

    ResponderExcluir
  7. Oi Roberta!
    Também me sinto mal quando começo a agir assim,no começo minha filha não dormia a noite,acordava as 10 da noite e ia direto até as 3 e meia 4 horas da manhã sem dormir,então no decorrer do mês eu fui me esgotando e havia momentos em que eu ficava zangada com ela,sem gritar e ela entendia,aí que ela não dormia mesmo!Mas hoje já compreendi que precisamos mesmo de muita paciência e muito amor.Sei que depois eles compreendem nosso arrependimento.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. Oh Roberta...
    Não se culpe, a gente só dá bronca pq amamos...
    è bom ela entender que doi, que mamãe sente... e como vc mesmo falou ela entendeu... espero que tenha parado de "morder"!
    Sei que tb vou ficar assim... se choro qd dou bronca na minha cachorra , qt mais na minha filha!
    O importante é vc mostrar seeempre que a ama mt! E isso eu sei q vc faz! :)

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Sua opinião é importante para mim e eu adoro quando você comenta! =)