Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

domingo, 28 de abril de 2013

Minha ultima noite de colo vazio

Há exatamente 1 ano tive minha ultima noite de colo vazio.
Jamais poderia imaginar como seriam minhas noites após esta, mas sabia que nada, nunca seria igual novamente.
Para uma mãe que perde um filho, detalhes mínimos, se tornam grandiosos. O que para "mães comuns" é muito chato, fazemos com um prazer inenarrável!
Não existem palavras que descrevam o que sentimos com o nascimento de um filho, mas para uma mãe que perdeu o seu, estas palavras se tornam ainda mais escassas. Eu mesmo fiquei envolta a um misto de alegria, medo, euforia, paz, tranquilidade, emoção, receio,... Hoje, relembro esta data com uma certa nostalgia, mas também com o coração muito alegre, pois Deus me honrou e encheu novamente meu colo, pois o vazio que a Olívia deixou era imenso! Por mais que eu tenha 100 filhos, o lugar dela de certa forma estará vazio, porém com um espaço menor, mas estará lá.

Com carinho,

Roberta
"é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir!"